Tamanho do texto

A musa baiana, que faz aniversário neste domingo (27), divide seu talento musical com a atuação e apresentação

Neste domingo (27), Ivete Sangalo , completa 40 anos. iG Gente relembrou os momentos mais marcantes da carreira da cantora, atriz e apresentadora.

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

Nascida em Juazeiro, na Bahia, começou a cantar ainda na infância com seu irmão. Apresentava-se no colégio e também nos eventos familiares. Mas antes de começar a tocar nos bares noturnos, Ivete atuou como modelo e vendedora de loja em um shopping de Salvador. Para complementar o salário, a artista também vendia marmitas feitas por sua mãe no centro comercial.

Banquinho e violão

Aos 17 anos, mostrou ao que veio: fez sua primeira apresentação como cantora em um barzinho de Ondina (PE). Mônica Sangalo , irmã e também cantora, apresentava-se no local todas as noites e levou-a para a primeira performance. Depois disso, Ivete começou a cantar em cidades do interior da Bahia e não demorou a ir para outros estados.

LEIA MAIS: Walcyr Carrasco: "Ivete tem o talento de uma grande atriz"

Banda Eva

Em 1993, aos 21 anos, ingressou no grupo de axé “Banda Eva”. A vocalista já estava destinada ao sucesso: lançou seis álbuns e vendeu mais de cinco milhões de cópias. A banda emplacou vários hits na década de 1990, tais como “Beleza Rara”, “Me Abraça”, “Arerê”, “Alô Paixão”, “Levada Louca”, entre outros. Em 1997, o maior momento de Ivete na Banda Eva: o álbum “Banda Eva Ao Vivo”, gravado na área verde do Othon Palace Hotel de Salvador, bateu a marca de 2 milhões de discos vendidos.

A primeira experiência como apresentadora aconetceu em 1998, quando Ivete substituiu Xuxa na atração “Planeta Xuxa”, na Globo, durante a licença-maternidade da Rainha dos Baixinhos.

E MAIS: Relembre o primeiro emprego dos famosos

Carreira solo

Em 1999, Ivete fez seu último carnaval com a Banda Eva e apostou todas as suas fichas na carreira solo. Após passar os vocais do grupo de axé para Emanuelle Araújo, Ivete dedicou-se ao seu primeiro álbum solo, Ivete Sangalo. Em 2000, a música mais conhecida do álbum, “Se Eu Não te Amasse Tanto Assim”, entrou para a trilha sonora da novela “Uga Uga” e fez com que seu primeiro disco solo ultrapassasse a marca de 400 mil discos vendidos.

A partir de então, a intitulada musa do axé consolidou-se na carreira solo. Em 2000 lançou o álbum “Beat Beleza” e vendeu 240 mil cópias. Em 2001, lançou “Festa” e atingiu a marca de mais de 500 mil discos vendidos. Em 2003, o álbum “Clube Carnavalesco Inocentes em Progresso” bateu a casa dos 200 mil discos vendidos. “MTV Ao Vivo: Ivete Sangalo na Fonte Nova”, primeiro registro ao vivo da carreira solo, vendeu 1,2 milhão. “As Super Novas”, lançado em 2005, vendeu mais de um milhão. O segundo registro ao vivo da carreira solo, “Multishow ao Vivo: Ivete Sangalo no Maracanã” vendeu 850 mil. Quando engravidou, Ivete fez um projeto intimista, gravado com convidados em sua casa. A nova fase na carreira originou o “Pode Entrar: Multishow Registro”, em 2009 e os números, mais uma vez, não desapontaram: 520 mil cópias vendidas.

E MAIS: Ivete Sangalo protagoniza “As Brasileiras” no Dia Internacional da Mulher

Em 2010, o passo mais arriscado e a consagração definitiva da carreira de Ivete. A gravação do “Multishow ao Vivo: Ivete Sangalo no Madison Square Garden”, em Nova York, mesmo em tempos de crise fonográfica, ultrapassou os 650 mil discos vendidos. A gravação foi no Madson Square lotado, já que os ingressos esgotaram-se 58 dias antes da gravação. A casa de espetáculos já foi palco para nomes como Michael Jackson , Madonna , Lady Gaga , U2, entre outros.

Apresentadora e atriz da Globo e participação na "Escolinha do Barulho"

Com tanto sucesso na música, Ivete expandiu os horizontes. Se em 1998 virou apresentadora, em 2001 logo fez sua primeira participação como atriz. Ela interpretou a Rosália, no seriado “Brava Gente”, no episódio “A Moda do Chifre”. Ainda nesse ano fez uma professora na “Escolinha do Barulho” e também deu vida à Cássia no “Sítio do Picapau Amarelo”.

O programa musical “Estação Globo”, firmou-a também como apresentadora. A grande audiência fez com que o especial de férias fosse exibido entre os anos de 2005 e 2008. E o ápice da carreira de atriz veio em 2012, ano em que completa 40 anos. Após marcante participação no seriado “As Brasileiras”, no episódio “A Desastrada de Salvador”, no qual interpretou Raquel, Ivete foi convidada para viver a Maria Machadão em “Gabriela”, novela que tem previsão de estreia para o mês de junho deste ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.