Tamanho do texto

Kakay disse ao iG em primeira mão ter ficado incomodado pelo fato de a correspondência não ter vindo assinada

Antônio Carlos de Almeida Castro, advogado de Carolina Dieckmann
AgNews
Antônio Carlos de Almeida Castro, advogado de Carolina Dieckmann
Em conversa com o iG no início da noite desta quinta-feira (10), o advogado de Carolina Dieckmann , Antônio Carlos de Almeida Castro , o Kakay, disse em primeira mão que havia acabado de receber uma carta do Google, a quem ele planejava processar em virtude de a empresa se isentar de propagar as imagens da atriz nua .

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

“Estou em São Paulo com a ação civil pronta para entrar na Justiça contra o Google, mas recebi agora uma carta deles e após uma leitura técnica e específica, poderemos cancelar a entrada da mesma”, avisa. O advogado, no entanto, diz ter se sentido incomodado pela assinatura da carta ser em nome do Grupo Google.

VEJA TAMBÉM: Lembre as celebridades que se viram nuas ou expostas na rede

“Gostaria de encontrar o nome de um advogado da empresa, alguém para quem pudesse ligar e discutir os contornos do caso.” A alguns veículos de comunicação, Kakay havia dito que a empresa demorou para tomar medidas eficientes, “por falta de boa vontade”. Com relação à hipótese de as imagens terem sido copiadas de um celular doado a uma empregada de Carolina, ele não quis dar mais detalhes: “A origem das imagens está sob investigação e o juiz pediu sigilo”.

Carolina Dieckmann e o marido, Tiago Worcman (em segundo plano, de camisa azul), chegam para depor em delegacia do Rio
AgNews
Carolina Dieckmann e o marido, Tiago Worcman (em segundo plano, de camisa azul), chegam para depor em delegacia do Rio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.