Tamanho do texto

Sertanejo prefere não falar sobre o comentário do CQC sobre sua filha e seu neto

Zezé di Camargo
Beto Lima
Zezé di Camargo

Zezé di Camargo participou nesta quarta-feira (28) da gravação de um programa especial do “Altas Horas”, que celebra seus 20 anos de carreira. A alegria mostrada durante toda a gravação ficou de lado quando o sertanejo foi questionado sobre o que achou do comentário de Rafinha Bastos que, durante um CQC, após ouvir Marcelo Tas dizer que Wanessa estava grávida, disparou: “Eu comeria ela e o bebê”.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Zezé se apresenta no
Beto Lima
Zezé se apresenta no "Altas Horas"
A frase polêmica gerou diversos comentários, mas Zezé prefere não prolongar o tema. “Não quero entrar nesse assunto. A intenção dele é levantar polêmica e não vou dar esse prazer para ele”, afirmou o músico, que voltou a sorrir novamente ao falar de seu primeiro neto, José Marcos . “Era para eu ter sido avô antes. Elas tiveram dó de mim. Com 49 anos, já tenho idade para ser avô”, brincou Zezé.

Durante a gravação do programa global, ele também fez piada com o nome da criança, escolhido para homenagear ele e o avô da criança, pai de Marcus Buaiz . “Na hora que me falaram que iriam me homenagear, eu pensei: ‘ai meu Deus, Mirosmar, não...’”, brincou Zezé, que tem Mirosmar como seu nome de batismo.

Leia também: Marcus Buaiz: “O único desejo de Wanessa foi melancia”

Nos bastidores, ele contou que, por enquanto, não fez nenhuma canção para o neto, mas que, quando ele nascer, tudo será em homenagem a ele. Avô-coruja, ele pretende aproveitar ao máximo o tempo ao lado do neto. “Espero ter uma vida normal com ele. Quero estar sempre ao lado dele, mas não quero roubar o prazer do pai”, declarou ele, que já enxerga o lado bom de ser vovô. “Neto é bom por isso. Você pega só as partes boas. Depois, você passa para os pais. Acho que serei um avô assim também”.

Zezé di Camargo
Beto Lima
Zezé di Camargo