Motivo foi uma matéria publicada pela "Folha Universal" que chamava a apresentadora de "satanista"

Xuxa
Ag News
Xuxa

Xuxa Meneghel vai receber uma indenização por danos morais de R$ 150 mil da Igreja Universal. Tudo isso porque em 2008 o jornal "Folha Universal" publicou uma matéria de capa dizendo que a apresentadora se vendeu ao diabo por R$ 100 milhões para conquistar o sucesso.

Capa da
Reprodução
Capa da "Folha Universal" em 24 de agosto de 2008
A chamada da reportagem era “Pacto com o Mal?” e trazia declarações do reverendo Josué Yrion , afirmando inclusive que Xuxa doa sangue duas vezes por ano à Igreja do Satanás, em São Francisco nos Estados Unidos.

Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Xuxa declarou na petição do processo que "tem uma imagem pública a zelar principalmente no meio infantil". A apresentadora também reforça que sofreu danos morais por ser uma pessoa de muita fé.

Para a juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro , da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, a reportagem tem conotação especulativa e Xuxa não teve a oportunidade de ser ouvida.

O jornal ainda será obrigado a desmentir a matéria para os leitores, uma edição após a finalização do processo, dizendo na capa: "Maria da Graça Xuxa Meneghel afirma que tem profunda fé em Deus e respeita todas as religiões".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.