Reprise de "O Clone" é novo trunfo do programa global, que já passou dos 30 anos de idade

O "Vale a Pena Ver de Novo" é uma das atrações mais tradicionais da TV Globo. Está no ar
desde maio de 1980, e virou um programa quase orgânico - mesmo que não se assista, você sabe
que ele está lá.

E muita gente assiste. Criado para reprisar as novelas de maior sucesso da emissora, a sessão
teve boa audiência durante toda a década de 80, quando reprisava basicamente novelas das 18h
e das 19h. As novelas das 20h eram proibidas no horário da tarde, por tocarem em temas mais
"fortes". A primeira a quebrar essa regra foi "Água Viva", exibida às 20h em 1980 e reprisada
à tarde em 1984.

Giovanna Antonelli: Jade e seus amigos de
TV Globo
Giovanna Antonelli: Jade e seus amigos de "O Clone" têm a missão de levantar a audiência do "Vale a Pena Ver de Novo"

 A reprise de uma novela originalmente exibida às 20h só voltaria a acontecer em 1990, quando
a Globo colocou no ar "Roda de Fogo" (86/87). E o resultado foi um dos primeiros fracassos do
"Vale a Pena": a novela desagradou tanto no horário vespertino - ao contrário do que havia
acontecido às 20h -, que acabou ficando no ar durante apenas um mês e meio.

Mas o programa continuou, e em quase 31 anos de vida já reprisou 72 novelas, além de
episódios do extinto programa "Você Decide". E existem novelas que já foram ao ar mais de uma
vez no programa. A honra vai para "A Gata Comeu" (85), reprisada em 89 e em 2001, e "A
Viagem" (94), reexibida em 97 e em 2006.

Susana Vieira, Carolina Dieckmann e Renata Sorrah em
Divulgação/TV Globo
Susana Vieira, Carolina Dieckmann e Renata Sorrah em "Senhora do Destino", o maior sucesso do horário vespertino até hoje

Mas nos últimos anos a sessão vem sofrendo constante queda de audiência. Algumas novelas
conseguem manter Ibope mediano, outras despencam o mesmo. "Senhora do Destino" (2004/05) foi uma exceção: reprisada em 2009, acabou dando mais audiência do que a novela das 19h exibida na época - "As Três Irmãs" (2008/09).

A mais recente reprise foi de "Sete Pecados" (2007/08). A trama reestreou em setembro de 2010 e foi um fracasso total. Para acabar com o sofrimento e os baixos índices, a emissora chegou a condensar nove capítulos por dia, e encerrou a novela em 7 de janeiro de 2011.

Para substituí-la e resgatar a audiência da sessão, veio "O Clone" (2001/02). Sendo um dos
maiores sucessos da emissora nos últimos 10 anos, a trama de Glória Perez parece que vai
atingir sua missão facilmente. Segundo enquete do iG realizada na primeira semana da reprise ,
83% do público gostou da escolha, e está satisfeito. Apenas 17% rejeitaram a reprise, classificando a novela de ultrapassada.

Segundo Nilson Xavier, autor do "Almanaque da Telenovela Brasileira" e criador do site "Teledramaturgia", o "Vale a Pena Ver de Novo" sempre cumpriu seu papel: reprisar novelas da Globo. "A única mudança que ocorreu foi na audiência, que caiu. Mas este é um fenômeno que acomete todos os programas, de todas as emissoras. A audiência da televisão em geral caiu de 20 anos para cá", comenta ele.

Reynaldo Giannechinni e Giovanna Antonelli em
Divulgação/TV Globo
Reynaldo Giannechinni e Giovanna Antonelli em "Sete Pecados"
"Se a reprise da tarde dá mais audiência que as novelas inéditas do horário nobre é porque
essas novelas reprisadas são superiores", acredita ele.

Sobre a relevância do programa, Nilson comenta: "Quando uma novela é boa, é sucesso, as
pessoas gostam de assistir e ver de novo. Daí a importância do 'Vale a Pena'. Se não tivesse,
a Globo já teria abandonado a faixa e substituído por outro programa que desse mais
audiência".

Atualmente a Globo ainda tem um outro terreno para as reprises, e majoritariamente dedicado a
elas: o canal por assinatura Viva. Depois de colocar no ar "Vale Tudo" (88/89), e desta ter
se transformado na maior audiência da TV fechada, o Viva se empolgou e está tirando do baú da Globo diversos clássicos, como o humorístico "TV Pirata" (88/90) e a minissérie "Sex Appeal" (93). E assim, seja em seu canal aberto ou na TV fechada, a vênus platinada vai provando que, como diz seu bordão, realmente "vale a pena ver de novo".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.