Com 19 anos, a intérprete da Alice de "Rebelde" vive longe dos pais há quatro anos. Ela fala sobre carreira e sucesso ao iG

Sophia Abrahão:
Marcelo Faustini
Sophia Abrahão: "Eu me inspiro na personalidade da Anahí... Se tiver metade do carinho dela, estou feliz"
Independente e desinibida, Sophia Abrahão mora longe da família e supre a carência mergulhando de cabeça no trabalho. Protagonista da novela teen "Rebelde", da Record, ao lado de Arthur Aguiar , Chay Suede , Lua Blanco , Mel Fronckowiak e Micael Borges , destaca-se pelo jeito menina-mulher de ser. Aos 19 anos, ela aparece na tela da emissora cheia de postura e com as falas da patricinha Alice na ponta da língua. E o público nem imagina o quanto divertida e "cara-de-pau" ela é na vida real.

Sophia começou a trabalhar como modelo aos 15 anos, época em que morou sozinha na China. Já na carreira de atriz, fez parte do elenco de "Malhação", na pele de Felipa, nas temporadas de 2008 e 2009 da novelinha global. Em 2010, viajou por todo o Brasil com a peça "Confissões de Adolescente", onde descobriu que poderia ser muito mais musical, e também atuou na série "Bicicleta e Melancia", do canal Multishow.

Em entrevista ao iG Gente , a atriz revela ser uma pessoa intensa, conta que se apaixona facilmente pelas pessoas com quem trabalha, mas desconversa quando se pergunta se estaria vivendo um romance com o colega de elenco Chay Sued: "Estou obtendo os frutos de tudo o que plantei e achei que fosse colher, tanto na vida afetiva quanto profissional", despista.

iG: Qual a responsabilidade de protagonizar um remake de uma produção que teve o sucesso da "Rebelde" mexicana?
Sophia Abrahão:
O peso da responsabilidade equivale ao da satisfação. Os artistas da versão mexicana foram excelentes. O fardo é pesado, mas estou amando poder me dedicar à Alice.

Elenco principal de
Michel Angelo / Record
Elenco principal de "Rebelde": Sophia Abrahão, Micael Borges, Melanie Fronckowiak, Chay Sued, Arthur Aguiar e Lua Blanco
iG: Seu papel é a recriação da Mia, vivida por Anahí na versão mexicana. O quanto você se espelha nela?
Sophia Abrahão:
Como artista, ela é um grande exemplo para mim. Mas nossas personagens, Mia e Alice, são bem diferentes. Eu me inspiro na personalidade da Anahí, na maneira como trata os fãs. Ela é querida e todos são apaixonados por ela. Se eu tiver metade deste carinho, já estou muito feliz.

iG: E você, canta para valer? Sempre gostou de música, de canto? Toca algum instrumento?
Sophia Abrahão:
Todo violão desde os dois anos e meio. Sempre fui apaixonada por música. Minha primeira experiência foi em "Confissões de Adolescentes", onde cantei e toquei no palco durante todo o ano de 2010. Peguei mais intimidade com o instrumento. Agora, com "Rebelde", tenho a oportunidade de gravar CD e fazer turnê, uma surpresa na minha vida e a realização de um sonho.

Conheça os personagens de "Rebelde". Veja fotos!

iG: A experiência que adquiriu em "Confissões de Adolescente" e a intimidade com o violão facilitaram sua entrada em "Rebelde"?
Sophia Abrahão:
Com certeza. Durante o processo de seleção, a música foi a parte mais tensa, porque é onde tenho menos experiência. Mas eu me apresentei com as canções da peça, com as quais estava acostumada, e fiquei mais desinibida.

Sophia Abrahão:
Marcelo Faustini
Sophia Abrahão: "Sou bem desinibida. Costumo dizer até que sou meio cara-de-pau"

iG: Você aniversaria em 22 de maio. Geminianos costumam ser comunicativos. Em quais características deste signo você se encaixa?
Sophia Abrahão:
Adoro astrologia e sou bem geminiana: curiosa e comunicativa. A fácil comunicação me ajuda nos relacionamentos profissionais e pessoais. Eu não sou tímida, sou bem desinibida. Costumo dizer até que sou meio cara-de-pau. Isso influenciou até a minha entrada em "Rebelde". Como alguém que não cantava de repente aparece nos testes com um violão e...? Só sendo cara-de-pau mesmo (risos).

iG: Dizem que o geminiano também adora aventuras e é impulsivo. E você?
Sophia Abrahão:
Eu gosto de aventuras, mas tenho meu ascendente em capricórnio e lua em virgem, que mantêm bem meus pés no chão. Embora gêmeos seja um signo de ar, meus elementos são terra, então sou muito mais racional do que impulsiva.

Estou obtendo os frutos de tudo o que plantei e achei que fosse colher, tanto na vida afetiva quanto profissional
Marcelo Faustini
Estou obtendo os frutos de tudo o que plantei e achei que fosse colher, tanto na vida afetiva quanto profissional
iG: Você está solteira ou tem namorado? O que pode dizer sobre os boatos de uma possível relação com Chay Suede?
Sophia Abrahão:
Estou muito feliz, em um grande momento de realização, uma das melhores fases da minha vida. Estou obtendo os frutos de tudo o que plantei e achei que fosse colher, tanto na vida afetiva quanto profissional. Só não esperava que tudo viesse tão rápido!

iG: Você já admitiu que o assédio masculino era maior antes da fama. Mas e o assédio dos fãs?
Sophia Abrahão:
A faixa etária do público é semelhante à de "Malhação". São jovens -- eles costumam ter até 19 anos, a minha idade --, fervorosos, fieis, muito amorosos e precisam de um carinho especial. Após a estreia de "Rebelde", eu só saí de casa uma vez, porque tenho ido de casa para o trabalho e do trabalho para casa, mas o assédio já foi bem grande. A galera me chamava de Alice na rua.

iG: Ser chamada pelo nome de uma personagem é sinônimo de sucesso para você?
Sophia Abrahão:
É muito gratificante, né? Em menos de duas semanas de novela já te chamarem pelo nome do personagem demonstra que a personalidade da Alice é marcante. Isso é muito bom. A novela está sendo assistida!

iG: Como lidar com os mais fanáticos?
Sophia Abrahão:
Ao contrário de "Malhação", que renova o elenco anualmente, "Rebelde" é uma marca que pode gerar este tipo de fanatismo. A novela tem seis protagonistas fixos, que ainda montam uma banda! O público é caloroso e os fanáticos querem mostrar, provar essa paixão, tirar foto e abraçar. Quando há respeito mútuo entre o fã e o artista, torna-se uma relação ótima, de amor, de afeto. Na medida de amor do fã, se tem loucura, é porque o trabalho está no caminho certo.

iG: Tem medo de perder a privacidade?
Sophia Abrahão:
Se quiser privacidade, fica em casa, não vai para a rua (risos). Se eu aceitei fazer parte de um projeto que pode gerar este tipo de assédio, é porque estou preparada para isso. Os fãs amam e a gente tem que estar disponível para eles. É ingenuidade achar que essa relação não é legal.

iG: Para agradar a direção de "Rebelde", você fechou a boca e se dedicou à academia, eliminando seis quilos...
Sophia Abrahão: Conforme eu fazia prova de roupa, via que os figurinos da Alice eram mais curtos, apertados, com muita cor, então não eram para qualquer corpo. Na verdade, a direção não me cobrou muito. Foi uma coisa que partiu bastante de mim também. A TV já engorda de três a cinco quilos. Tenho 1,72 m e estava com 59 quilos, então perdi seis para estar em forma na TV.

iG: Como faz para manter a nova silhueta?
Sophia Abrahão:
A malhação é fundamental, por isso tento ir à academia no mínimo três vezes por semana, nem que seja numa folguinha de 50 minutos ou uma hora. O segredo para estar bem e magra é estar saudável também. Tenho que priorizar minha saúde. Estamos numa fase em que temos que nos dedicar muito, gravar muito. Se você não se cuidar, não estiver forte e preparado, desaba. Eu tenho a Sueli em casa, que faz minha comida para eu levar à Record. Eu levo um lanche, suquinho, fruta e sempre carrego chá verde gelado na minha garrafinha.

iG: Você está satisfeita com o seu corpo ou ainda tem algo que gostaria de mudar?
Sophia Abrahão:
Mulher sempre tem, né? (risos) Mas agora que emagreci sou muito mais feliz comigo e com o meu corpo. Eu não me dava conta de como é bom poder se sentir bem com uma roupa, sem se preocupar se está marcando. Tive que apertar várias peças do armário! Mas não penso em silicone, essas coisas. Está bom assim.

iG: Mas a sua personagem, Alice, não requer apenas cuidados com o corpo. Como faz para manter os fios loiros?
Sophia Abrahão:
A coloração é feita na Record. Meu cabelo natural é castanho escuro e a Alice é loira, então faço luzes e fico atenta à raiz. No dia de retocar, vou mais cedo para a emissora. A manutenção é intensa e minha atenção foi redobrada por causa da química, do secador e do babyliss. Meu tratamento diário é com xampu e condicionador de qualidade, a cada dois dias uso máscara reparadora e sempre passo um leave in bom.

iG: Sua família é de São Paulo, enquanto você vive sozinha no Rio de Janeiro. E a saudade?
Sophia Abrahão:
Passei minha infância e parte da adolescência no bairro dos Jardins, em São Paulo, onde meus pais estão até hoje. Moro sozinha desde os 15 anos, quando trabalhei como modelo na China, mas em Copacabana, no Rio de Janeiro, estou há três anos e meio. Só que sou filha única, somos muito apegados. A gente se fala, sem exagero, o tempo todo no rádio. Se eu não viajo para São Paulo, meus pais passam o final de semana aqui comigo.

iG: Você tem um bichinho de estimação que te faça companhia no Rio?
Sophia Abrahão:
Eu tenho a Channel, bulldog francês. Mas com a minha rotina é impossível dar a atenção que ela precisa. Então, embora seja minha, ela mora com meus pais.

Sophia Abrahão:
Marcelo Faustini
Sophia Abrahão: "Eu me apaixono muito rápido pelas pessoas com quem trabalho"
iG: O que faz quando não está pensando em trabalho?
Sophia Abrahão:
Eu sou cinéfila. Agora teve o Oscar e eu vi praticamente todos os filmes indicados. Eu fazia faculdade de cinema, estava no quarto período e tranquei para fazer "Rebelde".

iG: Você quer se preparar melhor para atuar no cinema ou seu objetivo é um dia passar para trás das câmeras?
Sophia Abrahão:
Meu sonho é atuar no cinema. Eu nunca pensei em trabalhar atrás das câmeras. O segmento tem o funcionamento e a linguagem completamente diferentes da televisão, que eu conheci em "Malhação" e na série "Bicicleta e Melancia", do Multishow. Fiquei em cartaz um ano no teatro em "Confissões de Adolescente" e queria estar mais próxima dessa nova linguagem. Um ator completo tem domínio sobre tudo: texto e veículo onde atua. O ator não precisa ter conhecimento técnico, mas é fundamental ter essa noção, facilitando o trabalho da equipe para se posicionar, para o enquadramento.

iG: Apesar da aparência de mulherão, você é supernova, tem 19 anos, então também é uma menina. O que a menina Sophia tem que mais te agrada e faz as pessoas te admirarem?
Sophia Abrahão:
Sou alegre, bem-humorada. Costumo estar sempre de bem com a vida, fazendo piada. Esse é o meu lado menina. Brinco, sento e converso com todo mundo. Sou muito aberta com as pessoas no trabalho... Às vezes até demais (risos)! Eu me apaixono muito rápido pelas pessoas com quem trabalho, convivo. Não tenho medo de me jogar na relação.

iG: E o que a mulher Sophia tem a oferecer?
Sophia Abrahão:
A independência. Esse é o lado mulher da Sophia, de ser completamente dependente dos pais emocionalmente, mas na prática, na vida diária, saber se virar muito bem sozinha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.