Atriz espera a liberação para iniciar a série sobre a veterana, escrita por Maria Adelaide Amaral

Tudo certo para a série que contará a vida de Dercy Gonçalves . Ou melhor, quase tudo. “Pela Globo e por nós, está tudo certo. Falta a permissão da família”, afirmou Fafy Siqueira em entrevista para o iG Gente . “Espero que a Decymar não se oponha”, torce a atriz, que acredita que na próxima semana a emissora converse com a filha da veterana, que faleceu em 2008 aos 101 anos,  para receber a liberação para a produção da obra.

Fafy Siqueira já interpretou Dercy Gonçalves na série
Renato Rocha Miranda/TV Globo
Fafy Siqueira já interpretou Dercy Gonçalves na série "Dalva e Herivelto"
Assim como fez na minissérie “Dalva e Herivelto”, Fafy viverá a humorista em sua fase mais madura. “Estou com 57 anos. Não dá para fazer a Dercy com 30”, brincou. A eleita para a fase jovem é Heloísa Perissé , que aliás é uma grande amiga de Fafy. Mas não houve privilégio na indidação. A sugestão de Heloísa para o posto foi feita por Maria Adelaide Amaral , autora do projeto, mesmo antes de saber que as duas se conheciam.

Fafy, aliás, não poupou elogios para a futura companheira de elenco. “Diziam que eu era a próxima Dercy e ela é a nova. Temos a mesma fonte. Sou bem fã da Lolô. Na geração abaixo de mim, ela é a melhor.”

A sintonia entre as duas e Maria Adelaide foi selada na última semana, quando o trio se reuniu para um jantar. “Fizemos juras de amor. A Heloísa deu um cordão de ouro pra cada uma com a letra ‘D’”. Quem sabe a peça não se torne um amuleto para esse período de torcida e expectativa da equipe. “Queremos fazer uma homenagem linda e mostrar que ela não era uma velha maluca que ficava sentada falando palavrão, que é o que pensam", explica Fafy.  "A Dercy é uma pessoa muito importante, uma grande brasileira. Ela lutou para a atriz ser tratada com uma pessoa digna, não como uma prostituta. Nada contra prostitutas, claro. Mas atriz é atriz e puta é puta!”, pontuou.

Se tudo der certo, a série irá ao ar em janeiro, com as gravações iniciando em setembro. Caso recebam uma negativa, há planos para um longa e uma peça, com direção de Marília Pêra .

Enquanto não recebe o OK da família de Dercy Gonçalves, Fafy não fica parada. Ela se prepara para subir aos palcos com o musical “As Bruxas de Eastwick”, que tem estreia marcada para o início de agosto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.