Roberta Appratti conta como está sendo a evolução das aulas com o ator

Roberta Appratti tem voz calma, um sorriso que quebra o nervosismo de quem não faz ideia do que se trata uma dança de salão e muita, muita paciência. É ela a responsável por mostrar a Odilon Wagner que pés e pernas podem conjugar o mesmo ritmo dos quadris.

Entrevista com Odilon Wagner: "É o momento mais popular da minha carreira"

Roberta dança desde os 12 anos, tem licenciatura em Dança, com pós-graduação em Psicomotricidade. Há sete anos é professora da Casa de Dança Carlinhos de Jesus , no Rio. O trabalho dela não está apenas no convencimento físico de quem não tem a menor intimidade com a dança. Mas também no psicológico. “Eu sou antigo, não vou conseguir dançar isso”, diz Odilon em certo momento do ensaio ao qual iG teve acesso . “Você não é antigo, não. Você é garotão”, repele ela, de imediato.

Roberta Appratti tem 23 anos
Isabela Kassow
Roberta Appratti tem 23 anos

A professora conta como tem sido a evolução do ator, aula após aula:

“A primeira aula foi muito difícil. Me desestimulei muito, tinha certeza de que não iriamos longe na competição. Não só pela limitação física dele, mas por achar que ele não conseguiria suportar o ritmo intenso dos ensaios. Odilon reclamou muito das dores nas costas. Mas a partir da segunda aula, foi uma surpresa atrás da outra. Trago minha experiência com a dança e ele com a de direção de cena, isso é incrível no momento que estamos no palco. Porque uma coisa se completa com a outra. Odilon não quer só aprender a coreografia, tem vontade de dançar bem. Isso é o que faz a diferença. O público percebeu isso e está retribuindo com o carinho das ruas. Agora já sentimos que podemos vencer o programa. A superação física do Odilon serve de exemplo a qualquer um que queira começar a dançar”.

Roberta:
Isabela Kassow
Roberta: "Ele se supera a cada dia, estou encantada"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.