Após passar por Florianópolis, Uberlândia e Rio de Janeiro apresentador encerra fase em São Paulo.

Rodrigo Faro brinca com os candidatos no Estádio da Portuguesa
Claudio Augusto
Rodrigo Faro brinca com os candidatos no Estádio da Portuguesa
Os moradores das ruas do bairro do Canindé, zona sudeste de São Paulo onde fica o Estádio da Portuguesa, amanheceram neste sábado (19) ao som de mais de 11 mil pessoas cantarolando para participarem do último dia de audição de “dolos”, da Record.

Rodrigo Faro
Claudio Augusto
Rodrigo Faro
Rodrigo Faro , quem comanda a atração, percorreu alguns quilômetros do bairro colhendo histórias engraçadas e até emocionantes dos candidatos, que sonham em ser o novo ídolo da música do Brasil.
“Tem gente que vem de longe e não tem onde dormir ou comer só para estar aqui. Já fiz vaquinha para arrecadar dinheiro da passagem de volta para pessoas que vieram somente com a grana da ida”, conta ele. “Me identifico muito pois eu já passei por muita seleção na vida, então sei muito bem o que eles estão passando”, disse o apresentador, que também é cantor e ator.

Os candidatos na arquibanda
Claudio Augusto
Os candidatos na arquibanda
Animado para a quarta temporada, que estreia em abril, Rodrigo está confiante com as novidades. “As inscrições abriram para a faixa etária dos 15 aos 30 anos de idade (antes era dos 16 aos 28), a produção trouxe para cá umas 500 pessoas de 4 capitais do Nordeste (Recife, Salvador, Fortaleza e Belém), onde não haviam audições, mas há muito talento. Para trazer sangue novo ao programa teremos dois novos jurados, a cantora Luiza Possi e o produtor musical Rick Bonádio , além do Marco Camargo , que está comigo desde a primeira edição”, falou.

Para fazer bonito diante dos jurados Rodrigo deu dicas de como conquistar o passe para a final: “Tem que ser verdadeiro, mostrar seu talento e controlar o nervosismo”. Ele alertou também sobre os erros que podem levar à desclassificação. “Não dá para ter um repertório desconhecido e mostrar o que não é”, avisou.

Conquistar um lugar ao sol do tão disputado e concorrido mundo das celebridades é para poucos. Ser ídolo idem. “O verdadeiro ídolo é aquele que respira música. A pessoa tem que ser natural para deixar a fama acontecer naturalmente. Ninguem estoura e faz sucesso sem trabalho. Quem busca a fama pela fama não dura”, ensina.  Grato com seu atual momento profissional, Rodrigo é só elogios à emissora. “Convite para outras emissoras é especulação. Tenho contrato de 7 anos com a Record. Renovei o ano passado e estou muito feliz aqui. É a casa que me deu oportunidade de ser apresentador, coisa que na Globo eu não tive”, disse ele.

“Ídolos” passa a ser exibido no dia 5 de abril na Record, as terças e quartas, as 23h45, com duração de 03 meses.

Rodrigo Faro e os candidatos
Claudio Augusto
Rodrigo Faro e os candidatos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.