Vote e escolha seu malvado preferido das novelas no ano que se encerra

Toda novela que se preza precisa de pelo menos duas coisas: um casal romântico e um vilão diabólico. Se não existisse o vilão, o tal casal ficaria junto, feliz para sempre, desde o primeiro capítulo. E aí não tem novela.

Diante dessa constatação, os novelistas se entregam ao prazer de criar vilões cada vez mais maquiavélicos, oportunistas, irônicos, sádicos, frios e calculistas. E aumenta o time dos vilões cômicos, que tem senso de humor e adoram rir de suas vítimas - e alguns criam até bordões populares ou frases que se tornam "virais" na internet.

Em 2011, o universo das novelas desfilou uma série dessas criaturas do mal, de variadas estirpes e quilates. Relembre os dez mais marcantes e vote na enquete, escolhendo seu vilão preferido do ano.

Léo (Gabriel Braga Nunes) na fase motorista de
TV Globo
Léo (Gabriel Braga Nunes) na fase motorista de "Insensato Coração"

Léo (Gabriel Braga Nunes) em "Insensato Coração"

Em janeiro, foi aberta a temporada de vilões 2011 com este personagem que era praticamente um vilão dos desenhos da Warner Brothers. Léo parecia um cartoon, tal a sua capacidade de escapar de armadilhas e sobreviver a qualquer situação. Incluindo forjar a própria morte em um acidente de avião, arrematando com uma expressão que já era famosa na internet: "Pronto. Morri!" Depois de praticar diversas crueldades e matar direta ou indiretamente mais de cinco personagens - inclusive a protagonista Norma ( Glória Pires ), assassinada pela mãe de Léo -, o psicótico rapaz terminou preso, e morto pelos colegas de cárcere.

Cortez (Herson Capri), o vilão corrupto de
TV Globo
Cortez (Herson Capri), o vilão corrupto de "Insensato Coração"

Cortez (Herson Capri) em "Insensato Coração"

Na mesma novela, mas seguindo outro estilo, Cortez era o típico vilão corrupto, repleto de "crimes do colarinho branco". O banqueiro praticou diversas falcatruas, que foram denunciadas, levando-o a terminar atrás das grades - não sem antes ordenar a morte da esposa, Clarice ( Ana Beatriz Nogueira ).

Vinícius (Thiago Martins), o indomável vilão de
TV Globo
Vinícius (Thiago Martins), o indomável vilão de "Insensato Coração"

Vinícius (Thiago Martins) em "Insensato Coração"

Para encerrar a trinca da novela de Gilberto Braga , um vilão diferente. Vinícius era bem menos inteligente e racional do que Léo e Cortez, e agia por impulso. Selvagem, violento e brutal, costumava praticar a violência física - contra namoradas, principalmente. O ápice foi o crime homofóbico em que Vinícius matou a pancadas o jovem gay Gilvan ( Miguel Roncato ). Vinícius terminou preso na movimentada penitenciária em que também foram encarcerados Cortez e Léo, e onde Léo foi morto.

Minerva (Elizabeth Savalla) na fase
TV Globo
Minerva (Elizabeth Savalla) na fase "pele vermelha" de "Morde e Assopra"

Minerva (Elizabeth Savalla) em "Morde & Assopra"

Na novela das 19h, quem dominava as maldades era o time feminino. Minerva foi mais uma vilã no estilo perua fútil, entre tantas interpretadas por Elizabeth Savalla nos últimos anos. A perversa queria ser a prefeita da cidade, e adorava humilhar subalternos, como a faxineira Dulce ( Cássia Kiss ). Minerva foi abandonada pelo marido Isaías ( Ary Fontoura ), que a deixou na miséria. Mas, por fim, ela teve um final feliz: foi eleita prefeita, voltou para os braços de Isaías, e os dois combinaram de se revezar no poder da cidade de Preciosa.

Virgínia (Bárbara Paz), a arqueóloga ambiciosa de
TV Globo
Virgínia (Bárbara Paz), a arqueóloga ambiciosa de "Morde e Assopra"

Virgínia (Bárbara Paz) em "Morde & Assopra"

A diabólica arqueóloga desejava encontrar uma fortuna em diamantes, e para isso se infiltra na trupe de pesquisadores de Júlia ( Adriana Esteves ). Ajudada pelo amante John ( Michel Bercovitch ), Virgínia aplicou vários golpes em Júlia, roubando preciosidades encontradas pela chefe. Depois, Virgínia seduziu o prefeito Isaías, fazendo com que ele largasse a esposa Minerva. No desfecho, Virgínia e John foram castigados: a dupla foi literalmente devorada por dinossauros.

Timóteo (Bruno Gagliasso), o enlouquecido poderoso de
TV Globo
Timóteo (Bruno Gagliasso), o enlouquecido poderoso de "Cordel Encantado"

Timóteo (Bruno Gagliasso) em "Cordel Encantado"

O grande vilão da novela das 18h. Psicopata enlouquecido, cometeu inúmeras barbaridades. Seu objetivo: se casar com Açucena ( Bianca Bin ). Para tanto, matou e mandou matar, perseguiu os humildes súditos do reinado, tentou se casar à força com a donzela, entre outras peripécias. Por fim, morreu carbonizado em um incêndio provocado por ele mesmo.

Duquesa Úrsula (Débora Bloch): a grande malvada de
TV Globo
Duquesa Úrsula (Débora Bloch): a grande malvada de "Cordel Encantado"

Duquesa Úrsula (Débora Bloch) em "Cordel Encantado"

A pérfida nobre deu o impulso inicial na trama: mandou matar a Rainha Cristina ( Alinne Moraes ) e sua filha bebê, pois a menina estava prometida em casamento ao Príncipe Felipe ( Jayme Matarazzo ). Tudo porque Úrsula queria que sua própria filha se casasse com Felipe. O marido de Úrsula descobre o plano, e a perversa faz dele seu prisioneiro, mantendo-o encarcerado durante anos, com uma máscara de ferro no rosto. Capaz de inúmeras atrocidades, Úrsula terminou se apaixonando por Herculano ( Domingos Montagner ). E para impedir que este fosse assassinado, ela é quem acabou morta em uma emboscada.

O quase invencível Samir Hayalla (Marco Ricca) de
TV Globo
O quase invencível Samir Hayalla (Marco Ricca) de "O Astro"

Samir (Marco Ricca) em "O Astro"

Samir começou a novela como um vilão executivo, que queria tomar o poder do grupo Hayalla. E foi se transformando em um homem monstruoso, cada vez mais próximo dos vilões de histórias em quadrinhos. Praticamente todos os golpes tramados por Samir davam certo. Arquiinimigo do protagonista Herculano Quintanilha ( Rodrigo Lombardi ), Samir tentou matar diversas vezes seu rival, e conseguiu assassinar a assistente de Herculano, Valéria ( Ellen Roche ). Foram tantos os crimes cometidos por Samir, que ao final da história nem a polícia ficou sabendo de todos. O vilão terminou atrás das grades.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597410995186 &_c_=MiGComponente_C

Neco (Humberto Martins) em "O Astro"

O principal serviçal de Samir. Neco praticou diversos crimes ordenados pelo executivo, além de muitos outros que ele mesmo arquitetou. Logo de saída, traiu o parceiro Herculano, fugindo com o dinheiro de uma paróquia, levando o protagonista à prisão. Depois, perseguiu a cunhada Lili (Alinne Moraes), tentou estuprar e matar a moça, matou seu rival Natal ( Antônio Calloni ), atirou no filho de Herculano... Assim como Samir e Léo, Neco também tem parentesco com os surrealistas vilões de desenhos animados e quadrinhos. Mas no final, Neco foi eliminado por sua ex-sogra, Consolação ( Selma Egrei ).

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597410995167 &_c_=MiGComponente_C

Tereza Cristina (Christiane Torloni) em "Fina Estampa"

Para encerrar, uma vilã que ainda está no ar. A terrível perua da novela das 21h já praticou várias maldades e humilhações, e seu esporte predileto é perseguir a rival, a nova rica Griselda ( Lília Cabral ). Mas ela também encontra tempo para matar inimigos, como um mafioso ( Luciano Chirolli ) que ela atirou escada abaixo, inspirada em outra famosa vilã - inspiração que Tereza deixou clara, ao pronunciar a frase: "Obrigada, Nazaré Tedesco!"

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FCT_Content_C%2FMiG_EnqueteDeNoticia&_cid_=1597410987440&_c_=CT_Content_C

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.