Relembre os atores que se destacaram nas novelas em 2011, brilhando bem mais do que os protagonistas

Em 2011, mais uma vez aconteceu um curioso fenômeno que é cada vez mais comum nas novelas de TV: atores fazendo personagens coadjuvantes que acabam se destacando e até roubando a cena dos astros principais.

E, mesmo quando os protagonistas fazem sucesso, ainda assim alguns coadjuvantes conseguem abocanhar um lugar especial entre o público, e tornam-se assim grandes charmes das novelas.

Relembre a seguir os coadjuvantes que mais brilharam em 2011...


Natalie (Deborah Secco) em "Insensato Coração"


Natalie (Deborah Secco) em
TV Globo
Natalie (Deborah Secco) em "Insensato Coração": destaque da trama de Gilberto Braga e Ricardo Linhares

Natalie foi um dos grandes trunfos da problemática novela das 21h. Deborah Secco , de início acusada de repetir um papel semelhante à Darlene de "Celebridade" (2003) e à Bruna Surfistinha do cinema, acabou se destacando com sua interpretação irreverente e exagerada, como a personagem pedia.

Ismael (Juliano Cazarré) em "Insensato Coração"

Juliano Cazarré atraiu a atenção geral com Ismael, um marginal perigoso mas sedutor
George Magaraia
Juliano Cazarré atraiu a atenção geral com Ismael, um marginal perigoso mas sedutor

O ator ganhou destaque na trama das 21h, interpretando o sedutor bandido que ajudava Norma ( Glória Pires ). Ao se envolver com a perua Eunice ( Deborah Evelyn ), Ismael protagonizou também cenas sensuais - e seu sex appeal junto ao público foi turbinado por fotos de Juliano Cazarré posando para as lentes do fotógrafo Diego Bresani - com o órgão sexual à mostra.

Leia também: Ator global fala ao iG sobre seu nu frontal na internet

Vinícius (Thiago Martins) em "Insensato Coração"

Thiago Martins: de
George Magaraia
Thiago Martins: de "Cidade de Deus" para o sucesso na TV

Mais um coadjuvante desta novela roubou a cena. Thiago, que vinha de uma carreira iniciada na infância com o filme "Cidade de Deus" (2002), finalmente ganhou destaque após algumas novelas na Globo. O personagem Vinícius, um odioso vilão, com traços de psicopata e adepto de violência cruel, fez sucesso junto ao público e trouxe respeito ao trabalho do jovem ator.

Leia também: Thiago Martins: "A favela do Vidigal é meu porto seguro"

Jandira (Cristina Galvão) em "Insensato Coração"

Cristina Galvão como Jandira, atuando com Glória Pires em
TV Globo/ Divulgação
Cristina Galvão como Jandira, atuando com Glória Pires em "Insensato Coração"

Ainda na trama das 21h, o público foi brindado com mais uma excelente atuação de Cristina. No papel de Jandira, a principal ajudante de Norma, Cristina fez novamente um trabalho competente, após inúmeros personagens pequenos e de apoio em novelas, desde a Dondinha de "Roque Santeiro" (1985).

Leia também: Cristina Galvão: "Atuar ao lado de Glória Pires é êxtase total"

Tia Nenê (Ana Lúcia Torre) em "Insensato Coração"

Tia Nenê (Ana Lúcia Torre), a pitoresca personagem de
TV Globo
Tia Nenê (Ana Lúcia Torre), a pitoresca personagem de "Insensato Coração"

Para encerrar o quinteto de coadjuvantes que roubou a cena em "Insensato Coração", a Tia Nenê de Ana Lúcia Torre . A divertida e politicamente incorreta personagem agradou em cheio - tanto que, programada para morrer na primeira etapa da novela, o destino dela mudou. Tia Nenê sofreu um atentado, mas sobreviveu, para alegria do público.

Dulce (Cássia Kiss) em "Morde & Assopra"

Dulce (Cássia Kiss), a simples faxineira de
TV Globo
Dulce (Cássia Kiss), a simples faxineira de "Morde & Assopra"

A faxineira humilde da novela das 19h cativou o público com seus dramas familiares. A interpretação visceral e a caracterização monstruosa de Cássia levaram a personagem a tornar-se o centro da novela de Walcyr Carrasco . A morte de Dulce, no final da trama, foi uma catarse para os telespectadores.

Áureo (André Gonçalves) em "Morde & Assopra"

Áureo (André Gonçalves), em
TV Globo
Áureo (André Gonçalves), em "Morde & Assopra"

Também na trama das 19h, destaque para o espalhafatoso personagem. Áureo entrou na história no meio da novela, e o sucesso foi instantâneo. Com seus bordões e seu jeito extravagante, Áureo colocou André Gonçalves em evidência, e mostrou que apesar dos avanços da temática LGBT nas novelas, o público continua adorando personagens gays à moda antiga: exagerados, purpurinados e femininos.

Veja também: André Gonçalves: "A sociedade vibra com a sedução"

Crô (Marcelo Serrado) em "Fina Estampa"

Crô (Marcelo Serrado) em
João Miguel Júnior/TV Globo
Crô (Marcelo Serrado) em "Fina Estampa": sucesso para o fiel escudeiro de Tereza Cristina (Christiane Torloni)

Um fato que se comprovou, aliás, com o sucesso de Crô na atual novela das 21h. Assim como Áureo, Crô é um gay "over", com visual extravagante e fashion, e com mania de usar gírias e expressões típicas do universo gay, e algumas inéditas. Crô é um dos êxitos da novela de Aguinaldo Silva , e o suspense sobre qual personagem seria seu amante é um grande trunfo da trama. Resta aguardar o desfecho dessa história em 2012...

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.