Record quer penhorar bens de Datena. Dívida pode ser de R$ 50 mi

Advogado do apresentador diz que pedido de penhora será resolvido pela Justiça e que a Record é a culpada pela saída de Datena

Juliana Moraes, especial para o iG Gente |

Band/Divulgação
José Luiz Datena
Na última sexta-feira (30), a Rede Record entrou com um pedido à Justiça para penhorar os bens de José Luiz Datena , com o argumento de que o apresentador teria rompido o contrato de cinco anos com a emissora, após 45 dias trabalhando na casa. E essa já seria a segunda quebra de contrato do apresentador com a Record, que em 2003 foi para a concorrência. As duas multas mais a multa atual somadas chegariam a R$ 50 milhões.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Procurado por iG Gente , Datena disse que não falaria sobre o assunto: “Eu não tenho nada a dizer sobre esse assunto, meus advogados é que vão falar por mim”.

José Diogo Bastos , advogado do apresentador, esclareceu o caso: “Não teve a penhora sobre os bens de Datena pois assim que Record entrou com a ação, nós já entramos com um pedido de revisão”.

Sobre o impasse de quem teria quebrado o contrato, Bastos diz que “acreditamos que a multa cobrada só seria devida caso a rescisão contratual tivesse partido do Datena. Ele, no entanto, saiu da emissora por culpa da Record. Por isso a cobrança é indevida”.

O advogado disse ainda que a Justiça vai analisar qual das partes envolvidas no processo – Record e Datena – está com a razão.  “Enquanto não houver decisão definitiva, vou recorrer das ações judiciais. A Record acredita que foi o Datena quem rompeu, então entramos com uma petição dizendo o contrário. É uma questão de ponto de vista.”

A assessoria de comunicação da Record confirma: “Temos duas ações judiciais contra o Datena”. O advogado de Datena, no entanto, não quis comentar sobre os valores em questão na ação, para preservar a privacidade do seu cliente. Datena foi para Record com salário de R$ 2 milhões . A emissora ainda perdoou uma multa por quebra de contrato em 2003, de R$ 18  milhões, e pagou parte da multa recisória da Band, que girava em torno de R$ 20 milhões. Os valores, mais a multa atual, chegariam a R$ 50 milhões.

    Leia tudo sobre: DatenaRecordBand

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG