Apresentador é entrevistado por Marília Gabriela e fala sobre polêmicas e processos

Rafinha Bastos no Programa
Divulgação
Rafinha Bastos no Programa "De Frente com Gabi"
Rafinha Batos é o convidado de Marília Gabriela neste domingo (25). O novo contratado da RedeTV! ficará ‘de frente com Gabi’ e, sem papas na língua, falará sobre as polêmicas que se envolveu nos últimos tempos.

Leia também: Rafinha Bastos fecha com a RedeTV!

Em conversa com a apresentadora, ele afirma que se pedisse desculpas no caso Wanessa (quando afirmou ao vivo que comeria ela e seu bebê, José Marcus , durante a gestação da cantora), abriria um precedente horrível contra sua profissão e seu caráter. “Eu estaria sendo falso se pedisse desculpas públicas naquele momento”, afirmou o apresentador, que ainda completou: “Como comediante, meu objetivo na vida é fazer piada. Comediante não pode ficar chateado com a chateação dos outros”.

Rafinha contou ainda o que pouca gente sabia: enviou um pedido de desculpas para Marcus Buaiz , marido de Wanessa, que também o processou. “Para esse cara mandei um e-mail e pedi desculpas. Eu já tive mulher grávida em casa e eu entendo ele, mas não vou pedir desculpas pelo discurso”, declarou o humorista, que não se preocupa com os processos movidos contra ele. “Acho justo, inclusive, me processarem”, declarou.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Confira outras frases de Rafinha que vai ao ar no “De Frente com Gabi”

“Eu não sou um sociopata. Se eu sinto que errei, peço desculpas, mas não vou fazer isso por pressão da opinião pública”.

“Acho que tudo isso que aconteceu foi um processo de descoberta e análise”

“Meu objetivo nunca foi “bater” em ninguém. Só fazer graça”.

“De todo esse processo a única coisa que me preocupou foi o meu pai. As únicas vezes em que eu realmente me emocionei foi por ele. Meu pai está em Porto Alegre tomando pedrada atrás de pedrada. Minha preocupação é o meu pai me ligando triste, não pelo o que ele vê, mas pelo que ele sente”.

O humorista também falou sobre sua carreira e sua vida pessoal:

“Nós nunca nos encontramos para jantar com filhos e mulheres, mas tínhamos uma boa relação em frente às câmeras” . (sobre os companheiros do CQC)

“Eu sou alto mesmo, não é ilusão de ótica”.

“Eu tenho feito algo autêntico (como humorista), que tem a ver com a minha personalidade”.

“O mundo está mais conservador”.

“Eu sou um cara emotivo, eu sou uma fresca”.

“Eu sou o cara mais fiel do planeta”.

“Minha mulher me conheceu quando eu tinha um apartamento de 22 metros quadrados”.

“São Paulo é uma cidade que te gera muito conteúdo e criatividade”.

“É muito difícil uma pessoa em televisão não se preocupar com audiência. Eu nunca me preocupei e nunca vou me preocupar”.

Leia mais: Rafinha Bastos vai produzir a versão brasileira de “Saturday Night Live”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.