Confira alguns pontos que podem prejudicar os participantes da nova edição do reality

A vida dos participantes de “A Fazenda 4” não será nada fácil. Além de ficar longe da família, afastados de qualquer notícia externa e passar por provas físicas para conquistar mais uma semana de confinamento, eles também precisarão se comportar muito bem para não serem punidos. É importante também um vigiar o outro, já que todos pagam pela falha de um companheiro. “Quando um comete um erro, todos levam punição. Isso gera bastante conflito entre eles”, comenta o diretor-geral do reality Rodrigo Carelli .

A cada regra descumprida, o Fazendeiro da Semana é comunicado para ir até a despensa e, lá, recebe um cartão da produção indicando qual será a punição de toda casa. “Muitas vezes eles não sabem o que realmente aconteceu e quem foi o causador da falta. Ficam quebrando a cabeça para descobrir quem fez o que só a gente viu”, afirma Carelli.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

A partir daí, a produção seleciona umas das punições de uma lista programada antes mesmo do início do programa. O diretor-geral acredita que, para os participantes, a pior delas é ficar sem a festa semanal. Outros castigos que constam na lista são o corte do banho quente, a proibição do uso dos banheiros internos e o confiscação de algum produto, no caso de uma participante, por exemplo, tentar escrever alguma mensagem com o lápis de olho.

Rodrigo Carelli e Britto Jr. preparados para mais uma edição de
Antonio Chahestian/Record
Rodrigo Carelli e Britto Jr. preparados para mais uma edição de "A Fazenda"

Há também uma tabela de infrações passíveis de punição. Entre elas, levar comida das festas para dentro da casa, pedir o voto do Brasil para deixar o confinamento, deslocar móveis de dentro para fora da casa e quebrar objetos. Mas e se a quebra for sem intenção? “Vamos avaliar o caso”, explica o rigoroso diretor.

A falha mais grave de todas, segundo Carelli, é a violência física proposital aos participantes ou a agressão aos animais. “Isso não gera punição e, sim, expulsão”, resume Rodrigo. “Nas últimas edições, quase tivemos algumas agressões. Mas parece que, na última hora, pinta o juízo”, comenta Britto Jr. , apresentador da atração da Record.

Nos momentos de grandes discussões, os participantes ficam sob olhares atentos de um grupo especial. Quando o clima começa a esquentar, Carelli já manda dois seguranças ficarem atrás dos corredores. Em último caso, os profissionais entram e separam a briga. Se forem expulsos, os jogadores perdem seus cachês.

Diferente das duas primeiras edições, o valor recebido – mantido em sigilo -- pela participação na atração é o mesmo para todos os confinados. “O cachê não é diferenciado e é um só para toda temporada. O valor é o mesmo se ele ficar uma semana ou a temporada toda”, explica Carelli.

Sabe como acontece o processo seletivo para "A Fazenda"? Confira!

Além da expulsão, a outra opção de sair com as mãos abanando do programa é pedir para deixar o confinamento. Isso aconteceu apenas uma vez na história de “A Fazenda”, quando, na primeira edição, Bárbara Koboldt tocou o sino na área externa. A ação é sinal de que o participante não quer mais participar do programa.

“A Fazenda 4” estreia no dia 19 de julho e terá 15 participantes, incluindo um ex-jogador. O nome mais cotado para ocupar este posto é Theo Becker .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.