Humorista acredita que Maurício Meirelles entrará como repórter no programa e não ocupará o lugar do apresentador Rafinha Bastos

Oscar Filho: O humor tem a ver com limite, as vezes você passa mesmo. Nunca vamos saber qual é o limite se a gente não passar
Claudio Augusto
Oscar Filho: O humor tem a ver com limite, as vezes você passa mesmo. Nunca vamos saber qual é o limite se a gente não passar

Oscar Filh o não confirmou a entrada de Maurício Meirelles , com quem já fez stand up, no programa "CQC", da Band . "Fiquei sabendo da entrada dele através da mídia. Já fizemos show juntos e ele é muito bom", disse o repórter, na noite de quinta-feira (03), durante o show do Pearl Jam, no Estádio do Morumbi, em São Paulo.

Siga o iG Gente no Twitter e acompanhe todas as notícias sobre sua estrela favorita

Caso o comediante entre no elenco da atração, Oscar Filho acredita que não será para ocupar o lugar de Rafinha Bastos, afastado do programa após comentário de mau gosto sobre a cantora Wanessa, que está grávida . "Ele não vem pra repor ninguém, não está entrando no lugar do Rafinha. Já estávamos precisando de um novo repórter. Ninguem sabe quem vai ficar na bancada", contou.

Oscar ocupou, temporariamente, o lugar de Rafinha por duas vezes. "Gostei pra caramba, achei muito bom. É incrível fazer ao vivo e nem tremi porque como trabalhamos ha muito tempo juntos, foi tranquilo", disse ele que se apresentou ao lado de Marcelo Tás e Marco Luque , apresentadores do programa. Assim como ele, outros integrantes da atração estiveram sob o comando da bancada e farão rodízio até o final do ano.

Veja Mais: Wanessa sobre Rafinha Bastos: “Só se perdoa quem pede desculpas”

Após todo episódio de Rafinha, Oscar revelou que ele e os colegas são "obrigados" a pensarem duas vezes antes de fazer uma piada. "Depois do que aconteceu todo mundo fica meio tenso. A coisa virou uma bola de neve que eu defino uma piada de sexta série com a menina da sétima cujo cara é da oitava e luta caratê entendeu? Pra mim é tão besta. Todo mundo tá dando tanta atenção pra isso que eu acho engraçado. Mas é claro que fica um pouco de receio, o que pode ou não falar! O humor tem a ver com limite, as vezes você passa mesmo. Nunca vamos saber qual é o limite se a gente não passar", falou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.