Confira o Top Ten dos personagens que eram coadjuvantes e viraram protagonistas nas novelas

Enquanto alguns protagonistas de novela enfrentam o descaso do público, outros personagens acabam levando a melhor - são os coadjuvantes, que roubam a cena e sobem de posto, tornando-se, muitas vezes, o centro da história.

VEJA TAMBÉM: OS PERSONAGENS QUE FRACASSARAM NAS NOVELAS

É o que acontece agora, em " Insensato Coração ", a atual novela das 19h da TV Globo. O casal central, Pedro e Marina ( Eriberto Leão e Paola Oliveira ) não cativou a audiência. Aproveitando a brecha, um casal paralelo roubou a cena: Natalie ( Deborah Secco ) e Cortez ( Herson Capri ). Confira no Top Ten a seguir os melhores fenômenos do gênero.

Natalie (Deborah Secco) e Cortez(Herson Capri) em
TV Globo/João Miguel Júnior
Natalie (Deborah Secco) e Cortez(Herson Capri) em "Insensato Coração"


1. Natalie e Cortez em "Insensato Coração"
O casal interpretado por Deborah Secco e Herson Capri conseguiu chamar para si toda a atenção. As peripécias de Natalie, tentando se casar com o vilão Cortez, caíram nas graças do público. Deborah vem sendo elogiada - fato inédito até pouco tempo atrás -, e Capri - que atuou em novelas globais no passado, mas ultimamente andava esquecido pela TV - voltou a ser disputado pelos elencos e está reservado para uma das próximas produções da emissora.

Jaqueline (Claudia Raia) em
Alex Carvalho/TV Globo
Jaqueline (Claudia Raia) em "Ti-ti-ti"
2. Jaqueline em "Ti-ti-ti"
Na versão original da novela, exibida em 1985, Jaqueline era uma mulher elegante, sofisticada, discreta e "cool", interpretada com classe por Sandra Bréa (1953-2000). Mas no remake, Claudia Raia agarrou a personagem com unhas e dentes, transformou-a em uma figura excêntrica, hilária e exagerada, e roubou a novela inteira para si, dominando a ação.








Luciana (Alinne Moraes) em
Alex Carvalho/TV Globo
Luciana (Alinne Moraes) em "Viver a Vida"


3. Luciana em "Viver a Vida"
Apesar de ser um personagem importante desde a sinopse, Luciana ( Alinne Moraes ) não era exatamente a protagonista da novela. Mas o drama da moça, que se torna deficiente física após um acidente, agradou em cheio os telespectadores. Luciana virou o assunto principal da trama, ofuscando completamente a Helena de Taís Araújo.

Raj (Rodrigo Lombardi) em
TV Globo/João Miguel Júnior
Raj (Rodrigo Lombardi) em "Caminho das Índias"


4. Raj em "Caminho das Índias"
O protagonista da novela era Bahuan ( Márcio Garcia ). Mas o público rejeitou o rapaz, e preferiu seu antagonista, Raj ( Rodrigo Lombardi ), que a princípio seria um personagem antipático - já que se casa com Maya ( Juliana Paes ), impedindo-a de ser feliz ao lado de Bahuan. Mas com o sucesso inesperado de Raj, tudo mudou: Bahuan é que tornou-se antipático, Raj virou o mocinho romântico, e terminou ao lado de Maya - consagrando Lombardi, alçado ao posto de astro global. Tão estelar, que em breve protagoniza justamente "O Astro", remake da novela de 1978.

Bebel (Camila Pitanga) em
TV Globo/João Miguel Júnior
Bebel (Camila Pitanga) em "Paraíso Tropical"


5. Bebel em "Paraíso Tropical"
A personagem foi escrita para Mariana Ximenes , mas foi Camila Pitanga quem acabou encarnando a prostituta dissimulada. Bebel se envolveu com o vilão Olavo ( Wagner Moura ), formando um casal canalha e irresistível, chamando muito mais atenção do que o (para variar) insosso casal romântico central, André ( Fábio Assunção ) e Paula ( Alessandra Negrini ).

Nanda (Fernanda Vasconcellos) em
TV Globo
Nanda (Fernanda Vasconcellos) em "Páginas da Vida"
6. Nanda em "Páginas da Vida"
Fernanda Vasconcellos era Nanda, a garota que morria ao dar à luz seus filhos gêmeos, no início da história. Nanda deveria desaparecer da novela, mas o público não quis. O carisma da atriz na pele da personagem obrigou o autor Manoel Carlos a manter Nanda em cena - direto do "além". O "fantasma" de Nanda continuava em ação, se comunicando com alguns personagens. E a última cena da novela mostrava Helena ( Regina Duarte ), Alex ( Marcos Caruso ), as crianças e... Nanda.




Juliana Paes e Alexandre Borges em
Reprodução
Juliana Paes e Alexandre Borges em "Laços de Família"

7. Rita em "Laços de Família"
A empregada doméstica Rita ( Juliana Paes ) não era um personagem secundário, e sim terciário, perdido na multidão de pessoas que costumam transitar nas novelas de Manoel Carlos . Mas o namoro de Rita com o patrão Danilo ( Alexandre Borges ) foi um dos destaques da trama, fazendo com que Rita aparecesse cada vez mais. Apesar do sucesso, o autor matou a personagem - Rita morreu no parto dos gêmeos que teve com Danilo. Mas nem a morte de Rita apagou a estrela de Juliana - que dali para frente virou atriz principal do elenco da Globo.

Maria Fernanda Cândido e Raul Cortez em
TV Globo
Maria Fernanda Cândido e Raul Cortez em "Terra Nostra"



8. Paola em "Terra Nostra"
Maria Fernanda Cândido pulou do papel de "Moça da Abertura", que aparecia correndo nos créditos da novela "A Indomada", para o trono de "A Mulher do Século XX", em eleição realizada pela TV Globo no ano 2000. O responsável por isso foi o personagem de Paola, que ela interpretou na novela "Terra Nostra", conquistando o Brasil. O romance de Paola - inicialmente uma personagem secundária - com o velho italiano Francesco ( Raul Cortez ) passou para o primeiro plano, suplantando mais um casal central - Matteo ( Thiago Lacerda ) e Giuliana ( Ana Paula Arósio ).

Beija-Flor (Ângelo Antônio) e Taís (Letícia Sabatella) em
Reprodução
Beija-Flor (Ângelo Antônio) e Taís (Letícia Sabatella) em "O Dono do Mundo"


9. Taís e Beija-Flor em "O Dono do Mundo"
A novela tinha como protagonista Márcia ( Malu Mader ). Mas quem cativou o público foi o casal Taís e Beija-Flor ( Letícia Sabatella e Ângelo Antônio ). O romance do simpático casal - ela, prostituta, ele, surfista ferroviário - conquistou a audiência e elevou a dupla de atores ao primeiro escalão da Globo - além de levar ao casamento de Letícia e Ângelo na vida real. Curiosamente, os atores inicialmente escalados para viver o casal eram outros - Andréa Beltrão e Felipe Camargo . A música "Codinome Beija-Flor", de Cazuza - que morrera no ano anterior -, na voz de Luiz Melodia , embalou o sucesso de Taís e Beija-Flor.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300150255041&_c_=MiGComponente_C
10. Nívea em "Assim na Terra Como no Céu"
Mas a precursora no assunto foi Renata Sorrah . Em sua estreia na Globo, nesta novela exibida em 1970, Renata era Nívea, assassinada nos primeiros capítulos. Mas o público não gostou da saída de Renata, exigindo sua volta. A solução: Nívea continuava aparecendo em flashbacks. E mais: a personagem inaugurou o famoso "Quem Matou?" - Quem Matou Nívea? passou a ser o tema central da novela.

VEJA TAMBÉM: OS PERSONAGENS QUE FRACASSARAM NAS NOVELAS

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.