A volta da Viúva Porcina em "Roque Santeiro" recoloca em cena algumas tendencinhas que viraram febre no Brasil

Regina Duarte como Porcina em
Divulgação/Viva
Regina Duarte como Porcina em "Roque Santeiro"


A Viúva Porcina está de volta. Personagem eternizado por Regina Duarte na novela "Roque Santeiro", de 1985, ( que volta ao ar nesta segunda-feira 18 de julho, no Canal Viva), ela ditou moda na metade dos anos 80, fazendo o Brasil inteiro se render a seu visual.

O chamado "look Porcina" influenciou as mulheres da época. Era um visual over, repleto de exageros, brilhos, adereços enormes. Os famosos laçarotes no cabelo de Porcina, aliás, tinham muito a ver com outro ícone da época, que também adorava laços e brincos enormes: Madonna .

Uma pequena amostra do
Reprodução
Uma pequena amostra do "look Porcina" em "Roque Santeiro"

Mas Porcina temperava essas influências estrangeiras com um toque brasileiro. Dessa forma, a Viúva entrou para a história da TV como um dos maiores símbolos de moda popular, aquela que passa a ser copiada nas ruas. E ela não foi a única. O universo das novelas sempre foi fértil no assunto "lançar moda". A seguir, um Top Ten com as personagens campeãs.

Jade em
TV Globo
Jade em "O Clone": maquiagem e roupas exóticas

Jade (Giovanna Antonelli em "O Clone", 2001)

O figurino do Oriente Médio caiu no gosto do público, mas o grande trunfo era a maquiagem nos olhos, copiada por muitas milhares, muçulmanas ou não.

Laura em
TV Globo
Laura em "Celebridade": lenços e gargantilhas no pescoço

Laura (Cláudia Abreu em "Celebridade", 2003)

Na segunda fase da novela, a vilã Laura virava uma perua moderna, consagrando o look vestidinho-salto alto-lenço no pescoço. E era no pescoço que estava o principal: além dos lenços esvoaçantes - com um deles, ela tentou matar a filha de Maria Clara ( Malu Mader ) no último capítulo -, Laura eternizou as gargantilhas, que viraram campeãs de venda.

Darlene em
TV Globo
Darlene em "Celebridade" e Bebel em "Paraíso Tropical": looks copiados nas ruas

Darlene (Deborah Secco em "Celebridade", 2003)

Na mesma novela, o look da manicure Darlene pegou: minissaia e, nos pés, sandália com meia listrada colorida. Outros looks de Deborah também viraram moda, como a atual Natalie de "Insensato Coração".

Bebel (Camila Pitanga em "Paraíso Tropical", 2007)

O look "periguete" da personagem de Camila Pitanga ganhou as ruas. Tinha de tudo: brincos grandes e exuberantes, roupas com estampas de tigre ou onça, sandálias de salto...

Babalu em
Reprodução
Babalu em "Quatro por Quatro": precursora de Darlene

Babalu (Letícia Spiller em "Quatro por Quatro", 1994)

Babalu pode ser encarada como uma precursora de Darlene. Seu look básico: miniblusa tipo bustiê, minissaia jeans e sandália plataforma - com ou sem meia colorida. Depois de Babalu e antes de Darlene, existiu também a Sandrinha ( Adriana Esteves ) de "Torre de Babel" (1998), com elementos parecidos.

Vitória em
TV Globo
Vitória em "Belíssima": cabelo "com vento"

Vitória (Cláudia Abreu em "Belíssima, 2005)

Novamente Cláudia Abreu. Desta vez, lançando moda com seu penteado. Era um look "cabelo com vento", como definiram os cabeleireiros da época, e várias mulheres copiaram.

Dara (Tereza Seiblitz) em
TV Globo
Dara (Tereza Seiblitz) em "Explode Coração" e Maya (Juliana Paes) em "Caminho das Índias": exotismo fashion

Indianas e Ciganas em "Caminho das Índias" (2009) e "Explode Coração" (1995)

Assim como em "O Clone", outras novelas de Glória Perez viraram moda ao retratarem culturas exóticas. Adereços e figurinos indianos de "Caminho das Índias" influenciaram a moda. Da mesma forma, uma década antes, o visual cigano de "Explode Coração" interferiu nos looks da época.

Leona em
TV Globo
Leona em "Cobras e Lagartos": cabelo loiro quase oxigenado

Leona (Carolina Dieckmann em "Cobras e Lagartos", 2006)

O cabelo da atriz virou moda - o corte e a cor, num loiro quase oxigenado.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597081381602&_c_=MiGComponente_C

Solange (Lídia Brondi em "Vale Tudo", 1988)

Vinte anos antes, a editora de modas Solange lançou um corte parecido, mas que dominou o Brasil com mais força: o penteado "Cleópatra", com franja, e num tom avermelhado. Foi uma febre.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597081381981&_c_=MiGComponente_C

Júlia Mattos (Sônia Braga em "Dancin' Days, 1978)

Para terminar, uma pioneira. Júlia lançou várias modas, no auge da discoteca no Brasil e no mundo. A principal: sandálias de salto com meias de lúrex. Mas também houve o penteado molhado, com gel e coque, finalizado com pega rapaz. Foi a ex-presidiária mais fashion da história.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.