O ator, diretor teatral e escritor Bernardo Jablonski, que interpretava o caladão Aderbal no humorístico, lutava contra câncer

Bernardo Jablonski morre aos 59 anos
Divulgação
Bernardo Jablonski morre aos 59 anos
Faleceu na manhã desta sexta-feira (28) o ator, diretor teatral e escritor Bernardo Jablonski , aos 59 anos. Segundo comunicado enviado pela Rede Globo, ele lutava contra um câncer de fígado e estava internado desde o último dia 3, na Clínica São Vicente da Gávea, no Rio de Janeiro.

Jablonski era Doutor em Psicologia Social, professor universitário e publicou diversos artigos e livros. Desde 1992 na Rede Globo, participou de  minisséries, seriados e especiais. Em sua trajetória como redator, ele passou por diversos humorísticos, dentre eles ‘Os Trapalhões’, ‘Chico Total’, ‘Sai de Baixo’, ‘Vida ao Vivo Show’, ‘O Belo e As Feras’, ‘Escolhinha do Professor Raimundo’, ‘Sob Nova Direção’ e ‘Zorra Total’, onde atuou como ator e redator. Ele intrepretava o caladão Aderbal.

Bernardo Jablonski também fez carreira co cinema em filmes como “Old Orchid”, “Tempos de Paz” e “Tropa de Elite”. Com mais de dez peças no currículo, seu último trabalho no teatro foi ao lado de Fabiana Valor na direção do musical infantil “O Patinho Feio”, em cartaz no Rio de Janeiro.

Bernardo Jablonski em cena como Aderbal de
Divulgação
Bernardo Jablonski em cena como Aderbal de "Zorra Total"
Ele foi casado durante 13 anos com a atriz Maria Clara Gueiros , com quem teve dois filhos: João , de 16, e Bruno , de 13 anos.

O velório será realizado neste sábado (29) na sede do curso de teatro Tablado, na Lagoa, onde ele era professor de aulas livres de improvisação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.