Apresentador abriu as portas de sua casa para a revista "Rolling Stone" e falou sobre as polêmicas do humor

Jô Soares:  “O humor não peca quando é grosso: é quando não tem graça. Como é que você pode criterizar o humor? Pra mim, só desta maneira: se é engraçado ou não
Divulgação revista Rolling Stone
Jô Soares: “O humor não peca quando é grosso: é quando não tem graça. Como é que você pode criterizar o humor? Pra mim, só desta maneira: se é engraçado ou não"

Morador de um duplex no bairro de Higienópolis, em São Paulo, Jô Soares recebeu a revista "Rolling Stone" para uma entrevista, que entre outras coisas falava da atual situação do humor no Brasil. “O humor não peca quando é grosso: é quando não tem graça. Como é que você pode criterizar o humor? Pra mim, só desta maneira: se é engraçado ou não”, disse o veterano humorista e apresentador.

Jô Soares sobre o Carioca, que faz Jô Suado:
Divulgação revista Rolling Stone
Jô Soares sobre o Carioca, que faz Jô Suado: "Ele é magnífico”
Recentemente, Jô se envolveu eu uma polêmica ao não conceder entrevista ao personagem “Jô Suado”, interpretado pelo humorista Carioca , do programa “Pânico na TV” . Depois de ser alvo de comentários e insultos no Twitter, o apresentador se explicou dizendo que gosta do personagem, mas que não é obrigado a dar entrevistas. Eu acho, por exemplo, o menino que faz o Jô Suado [ Márvio Lúcio , o Carioca do Pânico na TV]...Bem, eu acho ele magnífico! Inclusive, quando fui homenageado na Risadaria, ele veio me perguntar se poderia fazer a imitação. Você não pode é perguntar se podia fazer. Claro que sim! Tem muita gente boa, como o Eduardo Sterblitch , que é um comediante espetacular, e vários outros que entrevistei”.

Já quando o assunto é o caso a polêmica que envolve Rafinha Bastos e a cantora Wanessa , Jô é categórico: “Se o outro do CQC fala aquela bobagem, aquela infelicidade, e continua depois falando, quem sou eu para julgar? Ele que continue falando. Se quisesse, ele devia ter continuado, “Não [eu também como] ela, o filho, o marido e o avô também...” Qual é o critério que você estabelece? A censura é pior do que qualquer coisa”.

LEIA TAMBÉM: Wanessa quebra o silência e fala sobre Rafinha Bastos: “Só se perdoa quem pede desculpas”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.