Confira retrospectiva da vida e carreira da atriz que vive a mulher-robô Naomi, da novela "Morde & Assopra"

Nesta terça-feira 7 de junho Flávia Alessandra completa 37 anos de vida. Atualmente uma das principais atrizes do primeiro time da TV Globo, ela comemora seu sucesso após uma série de trabalhos como protagonista - mas nem sempre foi assim.

VEJA O QUE OS ASTROS DIZEM SOBRE A ANIVERSARIANTE FLÁVIA ALESSANDRA


Flávia Alessandra em
TV Globo/João Miguel Júnior
Flávia Alessandra em "Da Cor do Pecado"
Início Morno

A atriz fluminense foi revelada em 1989, durante um concurso para novas atrizes no "Domingão do Faustão". Flávia venceu a disputa, enquanto Gabriela Duarte e Adriana Esteves ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente.

As três foram contratadas para atuar na novela "Top Model", que estreou no mesmo ano. Mas, curiosamente, apesar de ter ficado em primeiro lugar no tal concurso, Flávia ganhou um papel irrisório na novela, enquanto Adriana e Gabriela tiveram maior destaque na trama - a primeira interpretando Tininha, a segunda encarnando Olívia, uma das filhas do surfista Gaspar ( Nuno Leal Maia ).

Na sequência, Flávia embarcou em uma série de papéis inexpressivos em novelas que também não marcaram: "Mico Preto" (1990), "Sonho Meu" (1993), "Pátria Minha" (1994), "História de Amor" (1995). Ela passava despercebida nessas tramas.

A essa altura, Flávia já namorava o diretor Marcos Paulo . O romance começou em 1992. Depois de cinco anos, eles se casaram, em 1997 - época em que ela finalmente conseguiu um personagem melhor, Dorothy, na novela "A Indomada", dirigida pelo marido.

Como mãe de Kayky Brito, em
TV Globo/João Miguel Júnior
Como mãe de Kayky Brito, em "O Beijo do Vampiro"
Flávia começou a ganhar mais destaque e estrelou "Meu Bem Querer" (1998), "Porto dos Milagres" (2001) e "O Beijo do Vampiro" (2002), em todas elas interpretando mulheres batizadas de Lívia. Mas enquanto a carreira enfim decolava, o casamento acabava. Flávia e Marcos Paulo se separaram em 2002, um ano depois do nascimento da filha Giulia , hoje com dez anos.

Segundo a própria Flávia declarou em entrevistas posteriores, ela se sentia "na geladeira" da Globo durante essa fase pós-divórcio. E mais: a atriz afirmou que o ex-marido não a incentivava na carreira, preferindo que ela seguisse a profissão de advogada - atividade na qual ela é, de fato, graduada.




Como a vilã Cristina, de
TV Globo/Renato Rocha Miranda
Como a vilã Cristina, de "Alma Gêmea": divisor de águas
A Grande Virada

Depois de um papel pequeno na novela "Da Cor do Pecado" (2004), viria a grande virada na carreira: a vilã Cristina de "Alma Gêmea" (2005). Com o sucesso da personagem - fortificada pela química com a veterana Ana Lúcia Torre , que vivia Débora, a não menos terrível mãe de Cristina -, Flávia tornou-se, defintivamente, uma estrela da TV Globo.

Logo após o término da novela, Flávia posou nua para a "Playboy", em agosto de 2006. Ela repetiria a dose em dezembro de 2009, enquanto estava no ar como Dafne, protagonista da novela "Caras & Bocas" (2009).

Protagonista sim. Desde o sucesso de "Alma Gêmea", Flávia passou a estrelar novelas como "Pé na Jaca" (2006) e "Duas Caras" (2007) - nesta última, destacou-se como Alzira, uma enfermeira que, de noite, trabalhava como dançarina de pole dance.

A boa fase na carreira foi acompanhada pelo relacionamento com o ator e apresentador Otaviano Costa , iniciado em 2006. Em outubro de 2010, nasceu a filha Olívia .

Papel Duplo

Atualmente, Flávia está no ar às 19h, com "Morde & Assopra". Inicialmente, ela interpretaria a mulher-robô Naomi, uma réplica da verdadeira Naomi, morta em um acidente. Mas, com o fracasso de audiência da novela, tudo se modificou - e Flávia passou a encarnar também a Naomi humana, que não tinha morrido.

Dose dupla em
TV Globo
Dose dupla em "Morde & Assopra": Naomi humana, e em versão robô


Assim, ela interpreta dois personagens simultâneos na história - que se encontrarão ainda esta semana. No capítulo que vai ao ar na sexta-feira (10), as duas Naomi ficarão frente a frente pela primeira vez.

Apesar dos baixos índices de audiência no início de "Morde & Assopra", a novela conseguiu se recuperar nas últimas semanas, atingindo médias de 35 pontos. Em papel duplo, Flávia segue com seu trabalho e após o término da trama, deve escapar ilesa - pronta para novos desafios na TV e na carreira de estrela.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.