Ao estrear "Aquele Beijo", Grazi Massafera descobriu que espera seu primeiro filho. Confira as outras atrizes que viveram isso

Grazi Massafera: grávida logo no início de
TV Globo
Grazi Massafera: grávida logo no início de "Aquele Beijo"


No mesmo dia em que a novela "Aquele Beijo" estreou, 17 de outubro,  foi anunciada a gravidez de Grazi Massafera , uma das protagonistas da trama. A notícia pegou de surpresa o autor Miguel Falabella - que já declarou que Grazi continua na história. A gestação da atriz deve ser incorporada em sua personagem, Lucena.

Esta é uma situação que já aconteceu diversas vezes nos bastidores da TV. Atrizes engravidam às vésperas de iniciarem as gravações de uma novela ou durante a trajetória da trama. Aos autores, resta encontrar soluções: as personagens podem também engravidar, ou serem eliminadas da história. Outra alternativa é que a câmera focalize apenas em close. E há casos em que as atrizes podem ser substituídas, caso a novela ainda não tenha iniciado as gravações.

Em seu livro "O Circo Eletrônico", o diretor Daniel Filho comenta: "Um problema comum na televisão é a gravidez das atrizes. Todas as três filhas de Dina Sfat nasceram durante novelas. Ela sempre iniciava ou terminava a novela grávida".

Dina Sfat (1938-1989) teve três filhas com Paulo José : Bel Kutner , nascida em 1970, enquanto Dina atuava em "Verão Vermelho" - sua personagem na trama também dava à luz; em "O Homem que Deve Morrer" (1971), Dina teve Ana Kutner , e sua personagem sumiu da trama. Finalmente, em "Fogo Sobre Terra" (1974), Dina gerava mais uma criança. A novela se encerrou em janeiro de 1975. Um mês depois, nasceu Clara Kutner .

Dina Sfat: grávida em
Reprodução
Dina Sfat: grávida em "Verão Vermelho", atuando ao lado de Jardel Filho

Ainda na década de 70, Regina Duarte também engravidou durante o trabalho. Foi na novela "Carinhoso" (1973). A trama teve seu término antecipado, pois Regina, que vivia a protagonista Cecília, estava grávida. A novela terminou em janeiro de 1974. Em abril, nascia Gabriela Duarte .

Leia também: Regina Duarte, de namoradinha do Brasil a perua vingativa

Regina Duarte com Gabriela Duarte, logo após o nascimento da filha, em 1974
Reprodução
Regina Duarte com Gabriela Duarte, logo após o nascimento da filha, em 1974

Em "Viver a Vida" (2009), Giovanna Antonelli engravidou na vida real. O autor Manoel Carlos decidiu então que a personagem da atriz, Dora, também seria mãe. Assim, Dora engravidou de Garcia ( Mario José Paz ). Com o fim da novela, Giovanna deu à luz suas filhas gêmeas - frutos do casamento com o diretor Leonardo Nogueira .

Em
TV Globo
Em "Viver a Vida", Giovanna Antonelli engravidou na vida real e também na história. O pai do bebê seria Mario José Paz ou José Mayer. O escolhido foi o primeiro.


Em 1992, Vera Fischer , por sua vez, interpretava Cidinha, a protagonista de "Perigosas Peruas". O autor Carlos Lombardi preferiu que a personagem não engravidasse. Vera passou então a ser focalizada em close, quando a gravidez entrou em estágio mais avançado. Quando a novela terminou, Vera estava grávida de cinco meses - o filho Gabriel , hoje com 18 anos, é fruto da união de Vera com o ator Felipe Camargo .

Leia também: Vera Fischer e um histórico de polêmicas

Vera Fischer: grávida em
Reprodução
Vera Fischer: grávida em "Perigosas Peruas"

Muitas vezes a saída é retirar a atriz de cena. Luma de Oliveira atuava em "Meu Bem Meu Mal" (1990), quando engravidou de Eike Batista . A própria Luma optou por abandonar a profissão. Na história, sua personagem, Ana Maria, foi assassinada por Valentina ( Yoná Magalhães ). Quando a morte de Ana Maria foi criada, Luma já tinha deixado a trama. Assim, a cena mostrou uma dublê, e o público não via seu rosto. Ana Maria foi vista apenas de costas, quando morreu em cena.

Thor, filho de Eike Batista e Luma de Oliveira, foi gerado enquanto a atriz fazia a novela
Reprodução
Thor, filho de Eike Batista e Luma de Oliveira, foi gerado enquanto a atriz fazia a novela "Meu Bem Meu Mal"

Durante as gravações do seriado policial "A Justiceira" (1997), foi a vez da estrela Malu Mader . A atriz engravidou de Antônio, seu segundo filho com Tony Belloto . A produção decidiu encerrar o seriado antes da data prevista.

Novamente, Daniel Filho relembra o caso, em seu livro "O Circo Eletrônico": "Fiquei chateado com Malu Mader, no princípio, por conta de sua gravidez acidental, com a qual ninguém contava. Mas agora vejo que, na verdade, foi uma bendita gravidez, porque estávamos numa enrascada e seria muito difícil contar as 26 histórias programadas para 'A Justiceira'". O seriado acabou tendo apenas 12 episódios. "Tivemos muitos problemas para fazer as cenas de ação, que eram muitas e davam a tônica da série", lembra Daniel.

Malu Mader em
Reprodução
Malu Mader em "A Justiceira": gravidez encerrou a temporada do seriado

Em outro seriado, "Toma Lá Dá Cá", Adriana Esteves também engravidou. A atriz se ausentou do programa durante a temporada 2006, e retornou depois de ter dado à luz Vicente, seu filho com Vladimir Brichta - ela também é mãe de Felipe, da união com Marco Ricca .

Diogo Vilela, Débora Bloch, Adriana Esteves e Miguel Falabella em
TV Globo
Diogo Vilela, Débora Bloch, Adriana Esteves e Miguel Falabella em "Toma Lá Dá Cá", no final de 2005. Adriana ficaria ausente em 2006, devido à sua gravidez

Já nos preparativos para a novela "Paraíso Tropical" (2007), o autor Gilberto Braga queria Cláudia Abreu interpretando as gêmeas Paula e Taís. Mas Cláudia descobriu que estava grávida pouco antes do início das gravações. Cláudia foi então substituída por Alessandra Negrini .

A notícia da gravidez de Grazi Massafera faz com que a atriz entre para essa galeria de estrelas que já passaram pela situação de misturar a maternidade com o trabalho. "E os filhos estão todos aí, saudáveis e alguns já astros de TV", comenta Daniel Filho. "É problema na hora e felicidade para sempre".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.