Antes e depois: veja como personagens maltratadas e desajeitadas ficaram lindas e glamurosas. E também vingativas...

Griselda (Lília Cabral) em
TV Globo
Griselda (Lília Cabral) em "Fina Estampa": em breve, uma mulher de classe
Griselda ( Lília Cabral ), a protagonista de "Fina Estampa" , a atual novela das 21h da Globo, já começou a trama sofrendo preconceito por seu visual masculino e sem vaidade. Mas a situação dela não vai durar eternamente: Griselda vai ganhar um prêmio da loteria e ficar milionária. Seu look vai mudar e ela se tornará uma mulher sofisticada.

Conheça os personagens de "Fina Estampa"

Esta é uma trama folhetinesca que está entre as preferidas das novelas: a protagonista que começa humilde, simples, pobre e, em alguns casos, até feia. Mas acontece a grande virada e ela retorna deslumbrante e luxuosa - geralmente para se vingar daqueles que a desprezaram. Veja quem já passou por isso nas telinhas...

AS VINGATIVAS

As duas fases de Norma (Glória Pires) em
TV Globo
As duas fases de Norma (Glória Pires) em "Insensato Coração"

A história de Norma ( Glória Pires ), de "Insensato Coração" (2010), ainda está fresca na memória. Trapaceada por Leo ( Gabriel Braga Nunes ), ela, que era uma simples enfermeira, foi condenada por um crime que ele cometera e passou anos na prisão. Ao sair, se casou com o milionário Teodoro ( Tarcísio Meira ) e surgiu com visual chique. Mas só tinha interesse em se vingar de Leo.

Ana Francisca ( Mariana Ximenes ), de "Chocolate com Pimenta" (2003), era considerada o patinho feio da cidade de Ventura, de óculos, roupas caipiras e cabelos presos. Após se casar com o milionário Ludovico ( Ary Fontoura ), retorna poderosa e dona da fábrica de chocolates da região, dominando assim os moradores da cidade.

Ana Francisca (Mariana Ximenes) em
TV Globo
Ana Francisca (Mariana Ximenes) em "Chocolate com Pimenta": de caipira a grande dama

Mais uma ex-presidiária que se uniu a um milionário: a famosa Júlia Mattos ( Sônia Braga ), de "Dancin' Days" (1978). Para se vingar da irmã e da filha, que a desprezaram, Júlia fica noiva de Ubirajara (novamente Ary Fontoura), viaja para a Europa e retorna transformada em pantera das discotecas.

Os personagens que ditaram moda com seus looks

Mas nem todas apelaram para um milionário. Tieta do Agreste diversificou: se apoiou em vários homens. A protagonista de "Tieta" (1989) foi expulsa de casa e da cidade na fase adolescente ( Cláudia Ohana ). Na cidade grande, fez fortuna como dona de bordel e retornou adulta ( Betty Faria ) para jogar o dinheiro na cara dos parentes.

Júlia Mattos (Sônia Braga) em
Reprodução
Júlia Mattos (Sônia Braga) em "Dancin' Days": ex-presidiária que vira pantera

FEIAS OU SEM CHARME

Ter um visual fora dos padrões vigentes de beleza é sempre um problema para as mocinhas das novelas, como a jovem Leopoldina ( Cristina Mullins ), de "Vereda Tropical" (1984). Ela estava bastante acima do peso, usava óculos de grau, cabelos desgrenhados e roupas largas e masculinas - para desespero da mãe, a perua Bárbara ( Rosamaria Murtinho ). Mas a moça decide se entregar a um rígido regime - e ressurge esbelta, de lentes de contato e novo look, e vira até modelo fotográfico.

Em "Cara & Coroa" (1995), Alessandra Negrini era Natália, uma moça tímida e introspectiva, sempre de roupas pesadas. Estimulada a se revelar mais, Natália passa a circular de biquíni e roupas provocantes. Ela acaba se transformando em uma mulher sedutora e escultural, que desperta a cobiça do vilão Amorim ( Carlos Vereza ) - que vivia chamando-a de "bibelô".

A brejeira cabrita Tieta (Cláudia Ohana) volta repaginada (Betty Faria) em
Reprodução
A brejeira cabrita Tieta (Cláudia Ohana) volta repaginada (Betty Faria) em "Tieta"

MULHERES DE POSSES

Existem também as mulheres que já possuem os recursos financeiros para se modificar. A empresária Francisca Moura Imperial ( Eva Wilma ), de "Transas & Caretas" (1984), era uma senhora de 65 anos com visual de 85. Mas ela faz uma plástica e remoça vinte anos, e toma o controle da vida dos filhos.

A retraída Júlia (Glória Pires), de "Belíssima" (2005), depois de viver reprimida pela avó Bia Falcão ( Fernanda Montenegro ), se liberta e muda de visual, usando para isso sua própria fortuna.

Ascensão social

Betty Faria como Lucinha em
Reprodução
Betty Faria como Lucinha em "Pecado Capital": operária suburbana vira modelo internacional

O sonho da ascensão social também é passaporte para alterações estéticas. Foi o que aconteceu com a jovem suburbana Lucinha de "Pecado Capital" - encarnada por Betty Faria em 1975 e Carolina Ferraz em 1998. Lucinha sempre foi uma mulher bonita e sensual, mas, após virar modelo profissional - com o pseudônimo de Lucy Jordan -, volta sofisticada e antenada com a moda - ou seja, deixa de ser "brega" e passou a ser "chique".

Uma transição estava até no título de "Brega & Chique" (1987). Aqui, aconteciam os dois lados da moeda: Rosemary ( Glória Menezes ), a humilde e simplória mulher da periferia, herda fortuna do marido e vira uma mulher fina e milionária. A outra esposa do mesmo homem, Rafaela ( Marília Pêra ), por sua vez, empobrece - de perua luxuosa passa a mulher batalhadora e... "cafona", experimentando a trajetória inversa. Mas essa é outra história.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.