"Cante se Puder" é a estreia da filha de Silvio Santos como apresentora no SBT

Patrícia Abravanel: insistência para que outras pessoas fossem testadas para a vaga de apresentadora do programa
Divulgação/ SBT
Patrícia Abravanel: insistência para que outras pessoas fossem testadas para a vaga de apresentadora do programa
A noite desta quarta-feira (18) é de dupla estreia no SBT: será a primeira vez que Patrícia Abravanel, uma das seis filhas de Silvio Santos , comanda um programa na emissora, a competição musical “Cante se Puder”. Patrícia, que por muitos anos trabalhou nos bastidores dos negócios do pai como executiva, decidiu em 2011 arriscar e passar para a frente das câmeras. A princípio, ela passou a participar de quadros no “Programa Silvio Santos” e no “Baú da Felicidade”.

VAGA SEM PRIVILÉGIOS

“Cante se Puder”, que apresenta ao lado do humorista Marcio Ballas , é sua grande estreia. “Patrícia fez testes com qualquer outra apresentadora candidata à vaga. Ela mesma insistiu: ‘Testa outras pessoas’. Não é só porque ela é filha do Silvio que não passaria pelo mesmo processo”, diz Ricardo Mantoanelli , diretor da atração, comprada da produtora americana Zodiac.

A ideia de Mantoanelli para o programa, uma gincana em que músicos e cantores devem resistir às mais diversas e inusitadas provas sem parar de cantar, era montar uma dupla de apresentadores que se assemelhasse à bem-sucedida versão inglesa.

“Era uma dupla formada por um comediante e uma mulher linda e carismática. “Assistimos a todos os pilotos de todos os países, e o britânico foi o que mais nos chamou a atenção”, conta o diretor, que na hora pensou no nome de Marcio Ballas para o posto. “Ele é um palhaço, de fato, e sabia que ia ficar ótimo ao lado da Patrícia”. Ballas, que é ator, diretor e se apresenta com seu espetáculo de comédia “Improvável” pelo País, tem uma química incrível com Patrícia Abravanel, diz o diretor. “Ele faz com que ela se divirta no palco, e isso é ótimo”, diz ele.

"QUANDO ELA SE LEVA A SÉRIO É QUE NÃO FLUI"

Divulgação/ SBT
"Ela é super dirigível, lê os roteiros com antecedência", diz o diretor sobre Patrícia Abravanel
Quanto ao desempenho de Patrícia como apresentadora estreante, Mantoanelli é só elogios: “Claro que o pai (Silvio Santos) é uma referência, mas cada um tem a sua linha. Ela é superdisciplinada, trabalhadora, ataque de estrelismos zero", conta o diretor. "Ela é superdirigível, lê os roteiros com antecedência. Patrícia sabe que está começando e que tem muito a aprender. Estuda bastante, faz aulas com fonoaudióloga, e claro, tem o pai ao lado para a ajudá-la.” Para Mantoanelli, o fato de Patrícia “se divertir no palco e ser ela mesma “é o melhor começo”. “Na verdade, quando ela a se leva a sério como apresentadora é que a coisa começa a não fluir.”

Neste momento, Patrícia passa férias do programa em Miami, onde seus pais estão desde dezembro . Na próxima quinta-feira (25) ela volta a São Paulo para gravar o fim da primeira temporada, que tem 13 episódios. “Se der certo compramos o direito de exibir a próxima temporada”, diz Mantoanelli.

“Cante se Puder” estreia nesta quarta-feira (18), às 22h30. O programa ainda conta com a bailarina russa Lola Melnick , o cantor Nahim e Nany People na bancada de jurados fixa do programa. Os convidados da noite os irmãos Márcio e Vavá , Gilmelândia e o vocalista da Banda Molejo, Anderson .

Patrícia Abravanel e Marcio Ballas:
Divulgação/ SBT
Patrícia Abravanel e Marcio Ballas: "Eles têm muita química", diz o diretor

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.