Coronelzinho seria morto pelo bando de Herculano, mas Jesuíno consegue impedir o plano do pai

Timóteo é obrigado a assinar o documento abdicando do trono de Seráfia
Divulgação/ Tv Globo
Timóteo é obrigado a assinar o documento abdicando do trono de Seráfia

CURTA O iG GENTE NO FACEBOOK

Timóteo (Bruno Gagliasso) vai finalmente sair do transe que o fez pensar que poderia ser o legítimo rei de Seráfia. Capturado pelo bando de Herculano (Domingos Montagner), Timóteo foi condenado à morte, mas Jesuíno (Cauã Reymond) e o rei Augusto (Carmo Dalla Vecchia) não concordam com a decisão. Os dois tentam convencer Herculano a desistir da sentença.

“Nossa ideia é usar Timóteo pra retomar o palácio, libertar os prisioneiros e devolver pro pai de Açucena o lugar que é dele, como rei” , disse Jesuíno ao pai.

SIGA O iG GENTE NO TWITTER E ACOMPANHE AS NOTÍCIAS SOBRE TV & NOVELAS

Timóteo assina o documento sob os olhos de Herculano
Divulgação/ Tv Globo
Timóteo assina o documento sob os olhos de Herculano
Herculano aceita o plano dos dois, mas impõe uma condição: poder prender Timóteo depois de devolver a coroa a Augusto e libertar os prisioneiros do bando no palácio. Timóteo fica sem condições de não concordar, pois está muito fraco devido a muitos dias sem comida, mas ele cede tão facilmente...

As cenas vão ao ar neste sábado (23). LEIA TODAS AS NOTÍCIAS DE 'CORDEL ENCANTADO'

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.