Confira os títulos das novelas que se inspiram em nomes de filmes e músicas

As tramas "Amor Eterno Amor", "Cheias de Charme" e "Avenina Brasil", entre outras, são homônimas de outras obras

Lufe Steffen especial para o iG |

TV Globo
Gabriel Braga Nunes em "Amor Eterno Amor", a nova novela das 18h


A novela "Amor Eterno Amor" acaba de estrear às 18h na Globo e traz vários atrativos para o público - algumas novidades, principalmente no elenco, mescladas com antigos trunfos folhetinescos. Embalando o produto, um título que também não é exatamente novo: "Amor Eterno Amor" foi o nome que batizou o filme francês "Innocence" (2000), em sua versão brasileira.

Leia também: Peão, periguete, vilã: Confira o ranking de personagens de novela

Coincidentemente, as próximas novelas da emissora também surgem com títulos homônimos. "Avenida Brasil", a nova das 21h, é o título de uma música de Marina Lima. E "Cheias de Charme", a próxima das 19h, se inspira em "Cheia de Charme" - hit de Guilherme Arantes nos anos 1980. Ainda não foi divulgado se a canção de Guilherme irá embalar a abertura da trama.

TV Globo
Débora Falabella em "Avenida Brasil", a próxima novela das 21h

Ao longo das décadas, muita criatividade foi necessária para os autores na hora de escolher os títulos de suas histórias. Durante muito tempo, vigorou a prática de batizar a novela com o mesmo nome da música tema de abertura. Como aconteceu em "Ti-ti-ti" (1985 e também na versão de 2010), "Da Cor do Pecado" (2004) e "Fera Ferida" (1993), para ficar em alguns poucos exemplos - são inúmeros.

Veja também: Os peões mais marcantes das novelas

Nas décadas de 1970 e 1980, era comum também que o título fosse escolhido, e depois um compositor era chamado para criar a música de abertura especialmente para a trama - caso de "Pecado Capital" (1976), cuja canção de Paulinho da Viola foi regravada pelo grupo Só Pra Contrariar no remake da novela, em 1998.

TV Globo
Bianca Bin e Cauã Reymond em "Cordel Encantado"

A recente "Cordel Encantado" (2011) tinha um título que fazia referência à banda pernambucana Cordel do Fogo Encantado, hoje extinta. E a atual das 21h, "Fina Estampa", se inspira diretamente no CD "Fina Estampa", lançado por Caetano Veloso em 1994, com músicas gravadas em espanhol.

O contrário também ocorre: filmes estrangeiros que ao chegar no Brasil, ganham títulos de novelas do passado. "Direito de Amar" (A Single Man, 2009), a estreia do estilista Tom Ford na direção de cinema, recebeu o mesmo nome da novela global "Direito de Amar" (1987). "Guerra dos Sexos" (That Old Feeling, 1993), com Bette Midler, repetiu o nome da novela de Silvio de Abreu exibida em 1983 - e que vai ganhar remake neste ano.

TV Globo
Christiane Torloni em "Fina Estampa"

Silvio de Abreu, cinéfilo confesso, já fez o caminho inverso homenageando o cinema italiano. Suas duas últimas novelas, "Belíssima" (2005) e "Passione" (2009), tiveram títulos inspirados nos filmes "Belíssima" (1951) e "Passione" (1953).

O mesmo Silvio também se inspirou no cinema paulista. "A Próxima Vítima", novela de 1995, tinha título homônimo ao filme de 1983, estrelado por Antônio Fagundes.

Confira na galeria outras novelas que tiveram títulos inspirados em filmes, músicas, livros e similares.
 

Insensato Coração - o título faz referência a um verso da música "Só Louco", que estava na trilha da novela de 2011, mas não era o tema de abertura. Foto: TV GloboA Cura - a série de 2010 ganhou título homônimo ao filme americano de 1995, sobre um garoto soropositivo. Foto: TV GloboPublicidadeEscrito nas Estrelas - exibida em 2010, se inspirou na música cantada por Tetê Espíndola e no filme americano de 2001. Foto: TV GloboTempos Modernos - a novela exibida em 2010 ganhou o mesmo nome do clássico dirigido por Charlie Chaplin em 1936. Foto: TV GloboGuerra e Paz - o nome da sitcom de 2008 se inspirava no romance épico escrito por Leon Tolstói em 1865. Foto: TV GloboTrês Irmãs - a novela de 2008 tinha título parecido com o da peça teatral "As Três Irmãs" (1900), de Anton Tchekov. Foto: TV GloboCama de Gato - o título desta novela de 2009 era o mesmo do filme brasileiro estrelado por Caio Blat em 2002. Foto: TV GloboSabor da Paixão - a novela de 2002 foi buscar inspiração no filme de 2000 "Woman on Top", com Penélope Cruz e Murilo Benício - e que no Brasil recebeu o mesmo título. Foto: TV GloboMulheres Apaixonadas - o nome da novela de Manoel Carlos escrita em 2003 é o mesmo do filme inglês dirigido por Ken Russell em 1969. Foto: TV GloboCelebridade - a novela de 2003 quase se chamou "Celebridades", mas perdeu o plural devido ao filme de Woody Allen, lançado em 2001, e que já tinha esse título. Foto: TV Globo

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG