Ator americano de 45 anos esteve internado em uma clínica de reabilitação para tratamento contra álcool e drogas

Charlie Sheen, em foto de 2009
AP
Charlie Sheen, em foto de 2009
O ator Charlie Sheen prepara um livro sobre as experiências com seus companheiros de filmagem na série "Two and a Half Men" e espera conseguir pelo menos US$ 10 milhões pelos direitos de publicação, informou neste sábado o site "TMZ".

Sheen, que foi afastado do programa enquanto se submetia a um tratamento de reabilitação por drogas e álcool, quer escrever um livro de bastidores sobre seus oito anos de trabalho na série, segundo publicou o site especializado após uma conversa com o ator.

A produção da atual temporada de "Two and a Half Men", suspensa temporariamente devido ao tratamento de Sheen, foi cancelada definitivamente na quinta-feira após o ator ofender o criador da série, Chuck Lorre .

O ator, de 45 anos, pretende revelar os segredos de sua relação com Lorre e com seus companheiros de bastidores, mencionados com nome e sobrenomes em um livro que já começou a escrever, conforme o "TMZ".

O título provisório do livro será "When the Laughter Stopped" ("Quando o riso parou"), um nome que anuncia a intenção de Sheen de descrever o que saiu errado para que o projeto terminasse.

A série
Divulgação
A série "Two and a Half Men"
Apesar do anúncio do cancelamento da temporada atual, o ator assegurou na sexta-feira à emissora "ABC" que se encontra totalmente sóbrio e que planeja apresentar-se no set de filmagem da série em breve.

Sheen voltou a protagonizar as manchetes na quinta-feira, durante uma entrevista no programa de rádio "Alex Jones Show" na qual criticou Lorre e as ameaças do cancelamento da série dos produtores.

"Fiquem de olho nessa audiência. Fiquem de olho nessa estúpida audiência. Façam o que tenham que fazer, eu me vou fazer filmes com grandes estrelas e não trabalharei com idiotas", disse o ator.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.