Brasileiros em versões estrangeiras, famosos mundiais, países recordistas...

A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol
Reprodução
A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol


Com a 12ª edição do "Big Brother Brasil" já pegando fogo, volta à tona a febre de discutir e falar sobre BBB. O Brasil é um dos países onde esse reality show é muito bem sucedido. Mas o programa já foi produzido em mais de quarenta países, gerando centenas de edições - e incluindo até participação de brasileiros. Confira.

Brasileiros nos "Big Brothers" do mundo

O caso mais famoso foi o de Rodrigo Lopes , paulistano. Em 2009, aos 23 anos, ele estudava em Manchester, Inglaterra, e acabou selecionado para a 10ª edição do Big Brother britânico. Uma vez dentro da casa, Rodrigo se destacou ao afirmar que era bissexual. Ele acabou se envolvendo com outro integrante, o Mr. Gay Newcastle 2007, Charlie Drummond .

Rodrigo e Charlie viraram um casal, com direito a beijos na boca - foi o primeiro beijo gay na história do Big Brother inglês - e até cenas de banho de banheira em dupla. No dia 4 de setembro de 2009, a final do programa tinha cinco integrantes: Rodrigo, Charlie, David, Siavash e Sophie Reade . Sophie foi a vencedora, e Rodrigo ficou em quinto lugar.

A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol
Reprodução
A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol

Depois dessa fase, Rodrigo atuou como repórter especial na 11ª edição do Big Brother inglês, em 2010. No mesmo ano, em março, deu entrevista ao "Mais Você", de Ana Maria Braga . Em janeiro de 2011, outra entrevista na TV brasileira, desta vez no "Programa do Ratinho". No mesmo mês, a revista inglesa "Gay Times" publicou ensaio fotográfico com participantes de reality shows posando nus. Rodrigo era um deles, em foto que deu o que falar.

A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol
Reprodução
A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol

Alguns anos antes, em 2002, Portugal realizou uma edição especial do reality, o "Big Brother Famosos". No elenco, dois brasileiros: Mateus Rocha e Daniela Faria .

Mateus Rocha vinha de uma carreira novelística na Globo. Atuou em "A Indomada" (1997), "Suave Veneno" (1999) e "Uga Uga" (2000), entre outras. Em 2002, fora da mídia brasileira, integrou o "Big Brother Famosos" de Portugal, mas foi eliminado logo nas primeiras etapas. Em 2009, ele teria outra vivência em realitys: desta vez, em "A Fazenda", na Record.

A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol
Reprodução
A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol

Daniela Faria aproveitou melhor a fama pós reality. Atriz brasileira, tinha feito pequenas participações em novelas globais como "Fera Ferida" (1993) e "Porto dos Milagres" (2001), entre outras. Também havia posado nua na revista "Sexy", em 2001.

Após o "Big Brother Famosos", continuou presente na mídia portuguesa. No reality, conheceu o português Ricky , que venceu o programa. Iniciaram um romance que continuou fora da casa, gerando o filho Guilherme . Ainda hoje, Daniela e Ricky formam um casal popular em Portugal. Ela atua como apresentadora de programas exibidos na Europa pela Record Internacional.

A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol
Reprodução
A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol

Já na quarta edição do Big Brother português, em 2003, outro brasileiro surgiu: Tiago , que foi rapidamente eliminado do programa. E a oitava edição do Big Brother da Itália, em 2008, contou com mais um Thiago. Natural de Santa Maria, Rio Grande do Sul, Thiago Barcelos participou do programa. Ele já vivia na Itália na época, trabalhando como enfermeiro. Após o reality, Thiago estrelou um calendário de fotos sensuais.

Por falar em ensaios sensuais, esse também foi o gancho de Naiala Melo . A brasileira nascida na Bahia mudou-se para a Espanha ainda na infância, e foi a vencedora da oitava edição do Big Brother espanhol, em 2006. Após a vitória, posou nua para a revista espanhola "Interviu". Com o dinheiro do prêmio, comprou três casas no Brasil.

A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol
Reprodução
A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol

Ex-BBBs gringos que continuaram na fama

Se o Brasil tem Sabrina Sato e Grazi Massafera , reveladas no BBB, outros países também viram o nascimento de celebridades que continuaram sob os holofotes após participarem do programa.

A Inglaterra é o país campeão nesse sentido. O vencedor da primeira edição inglesa, Craig Phillips , continuou na mídia, apresentando diversos programas, talk shows e afins. Também fez pontas em séries de ficção como "Sex and the City".

A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol
Reprodução
A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol

O segundo vencedor inglês foi Brian Dowling , que também desenvolveu extensa carreira pós-BB. Tornou-se apresentador de inúmeros programas na TV e no rádio ingleses, além de atuar no teatro - interpretou o Capitão Gancho em uma badalada versão de "Peter Pan". Brian é gay assumido, e é considerado o primeiro apresentador abertamente gay a atuar no ramo infantil - ele apresentou o "SMTV Live", programa exibido nas manhãs de sábado, dedicado às crianças.

O terceiro vencedor foi Kate Lawler , a primeira mulher a vencer o Big Brother britânico. Após a vitória, ela virou DJ, modelo e apresentadora de TV. Também escreveu para o jornal "The Sun", comentando o Big Brother inglês de 2006, e se manteve na fama aparecendo ainda em outros realitys.

A Espanha também rendeu alguns famosos pós-BB. Nuria Yáñez , a Fresita, vencedora da edição de 2004, tornou-se comentarista de TV, depois apresentadora de alguns programas - entre eles, um concurso de chamadas telefônicas, o "Va de Fresi". Outro espanhol que continuou na mídia pós-BB: Pepe Herrero , também apresentador de TV, vencedor da edição de 2005.

A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol
Reprodução
A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol

Já na Argentina, o destaque vai para a modelo Claudia Ciardone , que esteve no Big Brother de lá em 2007, e depois participou ainda da versão argentina de outro reality, o "Dancing on Ice". Posou nua para a revista "Playboy", esgotando a tiragem da publicação, protagonizou outros ensaios sensuais, e chamou a atenção ao revelar ter tido um caso com o jogador de futebol Carlos Tévez , em plena concentração da Copa do Mundo na África do Sul, em 2010. Ela também teria tido um caso com o goleiro Nicolas Navarro , em outra temporada.

A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol
Reprodução
A modelo argentina Claudia Ciardone: escândalos com jogadores de futebol

Audiência

Quando se trata de BBB, o Brasil costuma bater recordes - para o bem e para o mal. A final do BBB10 teve a maior participação por telefone de todos os tempos - 154 milhões de votos. Por outro lado, a audiência do BBB11, no ano seguinte, foi a pior de todos os tempos.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597572844989 &_c_=MiGComponente_C

Nos EUA, a audiência do BB em 2011 foi líder na TV aberta em diversos momentos, além de já ter estreado com cerca de 7,9 milhões de telespectadores, superando em 6% a edição do ano anterior.

Na Itália, mais recordes: a primeira edição, em 2000, superou 50% de audiência, com picos de 60%. Depois houve uma fase de decadência, com o programa amargando baixos índices, até que a nona edição, em 2009, trouxe de volta os altos números.

Variações do "Big Brother"

Com edições nos mais variados países, o "Big Brother" também ganhou diferentes estilos e roupagens, além do formato tradicional. O mais badalado é o que focaliza famosos - uma espécie de "Big Brother" misturado com o "Casa dos Artistas", do SBT.

Assim, Portugal já fez duas edições do "Big Brother Famosos", e também duas edições do "Secret Story - Casa dos Segredos". Os EUA fizeram o "Big Brother All Stars", e a Inglaterra teve sete edições do "Celebrity Big Brother", além de uma edição do "Teen Big Brother". As Filipinas também tiveram versões com famosos e com adolescentes.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597572845669 &_c_=MiGComponente_C

A Espanha realizou o "Gran Hermano VIP" e o "Gran Hermano: El Reencuentro". Este último, como o título indicava, mostrava uma reunião de ex-integrantes de edições anteriores. Uma espécie de Big Brother somente com veteranos.

País recordista

Considerando essas diferentes edições, além das versões tradicionais do "Big Brother", o país que mais produziu esse reality é a Inglaterra, com 21 edições: 11 básicas, 7 com famosos e 3 especiais.

Em segundo lugar vem a Espanha, com 17 edições: 13 tradicionais, duas com famosos e duas reunindo antigos integrantes.

Em terceiro ficaram os EUA, com 13 edições: 12 básicas e uma com famosos.

No quarto lugar, um empate: Brasil e Itália, ambos realizando a 12ª edição do programa.

E no quinto lugar, a Alemanha com 11 edições, todas em versão "Big Brother" tradicional.

Curiosamente, a Holanda - país natal do "Big Brother" - produziu apenas 8 edições do reality.

Quanto aos países que tiveram apenas uma edição do "Big Brother" até hoje, são eles: Angola, Colômbia, Equador, Eslováquia, Nigéria, República Tcheca, Rússia, Suriname, Tanzânia e Zâmbia.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597572846423 &_c_=MiGComponente_C

Nascimento do "BB"

Vale a pena recordar como nasceu o "Big Brother". Atualmente, com a enorme popularidade do programa - principalmente no Brasil -, pouca gente sabe o contexto intelectual que inspirou a criação do reality.

O "Big Brother" foi criado em 1999 por John de Mol , executivo da TV holandesa e sócio da empresa Endemol, do mesmo país. A ideia básica era a mesma que se mantém até hoje: um grupo de pessoas comuns convivendo juntas, confinadas em uma casa - local vigiado por câmeras 24 horas por dia.

A inspiração vem do livro "1984", escrito pelo inglês George Orwell em 1948. A obra de ficção científica imaginava um futuro sombrio, onde os humanos viviam sob uma sociedade totalitária, com os habitantes sendo vigiados através das "teletelas". No livro, o líder dessa sociedade opressora se chama... Big Brother.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597572881487 &_c_=MiGComponente_C

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.