Apresentador recebeu Analice, Jakeline e Mayara, que ouviram elogios e críticas da plateia

Mayara, Jakeline e Analice no
TV Globo/ Divulgação
Mayara, Jakeline e Analice no "Domingão do Faustão"
Fausto Silva recebeu ao vivo as ex-BBBs Analice , Mayara e Jakeline em seu programa “Domingão do Faustão”, na tarde deste domingo (5). O apresentador mostrou as opiniões dos telespectadores em relação às atitudes das ex-sisters e as eliminações de cada uma durante o pouco tempo em que permaneceram no programa.

VEJA AQUI A COBERTURA 24 HORAS DO BBB12

Analice falou sobre ser a primeira eliminada da atração e acredita que sua saída não teve a ver com sua personalidade. “Não foi tanto por antipatia ou empatia a minha pessoa. Estava me dando bem com todo muito e na fase de conhecer o território”, disse. A mineira contou como foi sair da casa e se deparar com a boa receptividade das pessoas, coisa que ela suspeitava que seria ruim por ser bissexual assumida e não ter a aparência conforme os padrões de beleza. “Eu me surpreendi. Imaginei que fosse ter um pouco mais de rejeição. Entrei carregada de vários rótulos em relação a sexualidade e ao físico. Fiquei com medo de despertar rejeição. Eu sabia que ia incomodar”, disse. Mesmo assim, Analice encarou as críticas que recebeu no programa. “Não é surpresa. Eu sabia que ia despertar essa relação de amor e ódio que é o que o Big Brother desperta. Eu estava me preparando paras críticas. Eu gosto de ouvir isso porque me faz pensar, coisa que as vezes não temos consciência. Gosto de ouvir mais elogios é lógico”, falou a empresária.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades

Já Jakeline foi bombardeada por opiniões que a marcaram como a chorona e a chata da edição. “Eu chorava muito sim porque caí num universo completamente diferente do meu. Nunca tinha visto aquelas pessoas na minha vida. Sou emotiva e sentimental”, explicou. “Era um jeito de desabafar e fui excluída um pouco da casa pelo fato do meu mundo ser diferente do das outras pessoas”, completou.

A segunda eliminada da casa ainda falou sobre a relação com seu galo, motivo principal de tanto choro da estudante de zootecnia. “É um animal de estimação que tem sentimentos e é querido como qualquer outro animal”, contou.

Jake revelou também que desde o começo da atração a queriam fora da casa. "Tanto é que foi indicada pelos grupos duas vezes ao paredão. Fui perseguida. Os homens tinham medo de mim porque era persistente nas provas”, desabafou.

Faustão se mostrou surpreso ao ouvir a declaração da baiana que contou ter entrado no programa sem o intuito de jogar e ganhar o prêmio de R$ 1,5 milhão. “Estou achando estranho porque você e todos que entram nesse programa sabem como ele é faz 11 anos”, disse ele. Mesmo assim, a estudante bateu o pé e mostrou que gostou de fazer parte da atração. “Dá saudades de tudo quando está lá dentro. Pensei: onde fui amarrar o meu jegue? Fui persistente. Não me arrependi de ter entrado”, finalizou.

O apresentador ainda comentou rapidamente sobre a recente morte do namorado de Jake , mas a ex-BBB não se estendeu sobre o assunto.

Mayara, terceira eliminada, demonstrou ser a preferida do público durante o programa mas mesmo assim foi apontada em ficar em cima do muro durante a edição por ser amiga de todos e não se envolver em intrigas. “O jogo é saber o equilíbrio e eu não soube fazer isso. Eu só não fico causando, brigando com ninguém. Fico na minha mesmo”, falou. "Não pensava muito no que ia fazer. É uma situação de estresse o tempo todo e você age conforme as coisas vão aparecendo. É supercomplicado", completou. A arte-educadora paulista ainda falou o que faria de diferente se tivesse outra chance de participar do BBB: “Nada. Aquilo fui eu. Se eu fizesse outra coisa não iria corresponder com o que eu sou”.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.