Confira as matriarcas mais maldosas da ficção, que fazem os próprios filhos sofrerem

Enquanto algumas mães das novelas mostram-se bondosas e generosas, outras escolhem uma faceta completamente oposta. Egoístas, agem em benefício próprio, prejudicando os filhos - mas se justificam, dizendo que fizeram o melhor para eles. Diabólicas, malvadas, falsas e enlouquecidas, são as "mães-megeras" da TV. Confira as dez "piores" do gênero.

Odete Roitman (Beatriz Segall) em
Reprodução
Odete Roitman (Beatriz Segall) em "Vale Tudo"
1. Odete Roitman em "Vale Tudo" (1988)

A temida empresária interpretada por Beatriz Segall , além de toda a falta de ética e desonestidade, era também um monstro responsável pelo alcoolismo da filha Heleninha ( Renata Sorrah ). E escondia um segredo pavoroso: no passado, Odete foi responsável pela morte do filho Leonardo, e pelo incêndio na casa da família em Angra dos Reis. Mas, aproveitando-se de um porre de Heleninha, colocou a culpa de tudo na filha. Campeã deste Top Ten.





Branca (Susana Vieira) em
Reprodução
Branca (Susana Vieira) em "Por Amor"
2. Branca em "Por Amor" (1997)

Susana Vieira interpretou a "perua" cínica e egocêntrica, que armou um flagrante com drogas para o inocente Nando ( Eduardo Moscovis ), só para colocá-lo na cadeia e assim afastá-lo de sua filha Milena ( Carolina Ferraz ).






3. Marta em "Páginas da Vida" (2006)


A assustadora personagem (feita por Lília Cabral ) rejeitou a filha Nanda ( Fernanda Vasconcellos ), quando esta retornou grávida da Europa. A garota acabou morrendo no parto, e mesmo assim Marta continuou fria - chegando a tentar "vender" a guarda dos netos para o pai das crianças.

Marta (Lília Cabral) em
TV Globo/João Miguel Júnior
Marta (Lília Cabral) em "Páginas da Vida"





4. Bia Falcão em "Belíssima" (2005)

Fernanda Montenegro interpretou a terrível empresária, que criou uma trama diabólica contra a neta Júlia ( Glória Pires ). Sem falar em sua filha, Vitória ( Cláudia Abreu ), que ela abandonou no passado, e que mesmo no presente, ao descobrir a identidade da moça, continuou a rejeitar.

Bia Falcão (Fernanda Montenegro) em
TV Globo
Bia Falcão (Fernanda Montenegro) em "Belíssima"







5. Flora em "A Favorita" (2008)

Mãe psicopata, Flora ( Patrícia Pillar ) dizia que queria conquistar o amor da filha, Lara ( Mariana Ximenes ). Mas o que Flora queria mesmo era dominar o mundo e se vingar das pessoas que ela considerava inimigas - mesmo que isso significasse passar por cima da filha.

Flora (Patrícia Pillar) em
Frederico Rozário/TV Globo
Flora (Patrícia Pillar) em "A Favorita"



6. Nazareth Tedesco em "Senhora do Destino" (2004)

Mais um exemplo de mãe psicopata, a hilária e divertida Nazareth ( Renata Sorrah ) também queria manter o amor da filha - Isabel ( Carolina Dieckmann ), que ela sequestrou há anos, quando a garota era um bebê. Para tanto, Nazareth era capaz de tudo - inclusive matar com requintes de crueldade. No final, a vilã sequestrou a filha recém-nascida de Isabel, na tentativa de chamar a atenção da filha adotiva. E terminou se suicidando.
Nazareth (Renata Sorrah) em
TV Globo
Nazareth (Renata Sorrah) em "Senhora do Destino"





7. Perpétua em "Tieta" (1989)

Praticamente uma bruxa interpretada por Joana Fomm . Viúva, sempre de preto, como um urubu, Perpétua infernizava a vida de todos, inclusive dos filhos - principalmente o seminarista Ricardo ( Cássio Gabus Mendes ), que ela queria afastar de Tieta ( Betty Faria ), sua irmã, tentando impedir que o menino tivesse um caso com a própria tia.


Perpétua (Joana Fomm) em
Reprodução
Perpétua (Joana Fomm) em "Tieta"

Ester (Zezé Polessa) e Tadeu (Marcos Pasquim) em
TV Globo/João Miguel Júnior
Ester (Zezé Polessa) e Tadeu (Marcos Pasquim) em "A Lua Me Disse"
8. Ester em "A Lua Me Disse" (2005)

A milionária e fria empresária ( Zezé Polessa ) não aceitava a morte de seu filho predileto, jogando a culpa na ex-namorada do rapaz, Heloísa ( Adriana Esteves ), e em seu outro filho, Gustavo ( Wagner Moura ). Ester perseguiu Heloísa implacavelmente, tentando roubar o filho dela - seu neto -, ajudada por Tadeu ( Marcos Pasquim ).








_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300154611184&_c_=MiGComponente_C 9. Clô Hayala em "O Astro" (1977)

Especialista em interpretar mães megeras e neuróticas, Tereza Rachel foi a esposa de Salomão Hayala ( Dionísio Azevedo ) neste clássico que vai ganhar remake em breve. Clô aterrorizava a vida do filho Márcio ( Tony Ramos ), e assim como a Branca de "Por Amor", armou um flagrante contra a namorada pobre do rapaz, Lili ( Elizabeth Savalla ), para afastá-la do filho. Entre outras tramoias.







_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300154614632&_c_=MiGComponente_C 10. Renata Dumont em "Louco Amor" (1983)

Mais uma megera de Tereza Rachel. A embaixatriz Renata Dumont queria a fortuna do cunhado Edgar ( José Lewgoy ), além de maltratar o filho Lipe ( Lauro Corona ), manipular a enteada, Patrícia ( Bruna Lombardi ), e perseguir cruelmente Luiz Carlos ( Fábio Jr. ) - que ela descobre, posteriormente, ser o filho que ela abandonou no passado. Ainda assim, Renata continuou fria, calculista e obcecada pelo poder. Uma mãe inesquecível em meio à galeria de mães-megeras da TV.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.