Conheça os personagens da nova atração do SBT, que estreia nesta terça-feira (5)

A telenovela Amor e Revolução vai resgatar uma das épocas mais transformadoras no Brasil: a ditadura militar. A partir do ano de 1964 uma grande história de amor é contada em meio ao regime militar que entrava no país, desencadeando violência e censura. Em contrapartida, o cenário impulsionava o movimento estudantil ao combate pela democracia, o lema paz e amor ganhava força, um novo gênero musical, a MPB - Música Popular Brasileira – nascia, tornando-se ferramenta de protesto contra a repressão e a revolução sexual impactava a sociedade, entre outros adventos que marcaram a década de 1960.

Ambientada nas cidades de Rio de Janeiro e São Paulo, a trama de Tiago Santiago com direção de Reynaldo Boury estreia nesta terça-feira (5), às 22h15, no SBT.

Graziela Schmitt é Maria Paixão
Divulgação/SBT
Graziela Schmitt é Maria Paixão
Maria Paixão ( Graziela Schmitt )

Estudante de Ciências Sociais se torna uma das líderes do Movimento Estudantil no combate à ditadura militar. Vai viver um romance cheio de emoções com seu oponente, o capitão do exército José Guerra ( Cláudio Lins ). Seu amor será disputado também por Mario Luz ( Gustavo Haddad ) jornalista perseguido que trabalha com o pai da militante, Thiago Paixão ( Mario Cardoso ), que é casado com a professora Lúcia Paixão ( Fátima Freire ), também pais do ator e pacifista João Paixão ( Paulo Leal ). Integra a VPR - Vanguarda Popular Revolucionária, liderada por Jandira ( Lúcia Veríssimo )

Cláudio Lins é José Guerra
Divulgação/SBT
Cláudio Lins é José Guerra
José Guerra ( Cláudio Lins )

De família de militares, se torna capitão do exército, mas suas convicções são de um democrata. Se apaixona por Maria Paixão ( Graziela Schmitt ), uma das líderes do Movimento Estudantil, desencadeando assim o abandono pelo cargo e a união ao movimento Guerrilheiro. Tem homéricos confrontos com o pai, o General Lobo Guerra ( Reinaldo Gonzaga ). É aliado da mãe, Ana Guerra ( Glauce Graieb ), e invejado pelo irmão, o militar Filinto Guerra ( Nico Puig ), que tentará separar a todo custo o casal.

Lúcia Veríssimo é Jandira
Divulgação/SBT
Lúcia Veríssimo é Jandira
Jandira ( Lúcia Veríssimo )

Líder feminina, está a frente da VPR - Vanguarda Popular Revolucionária. Tem como aliada a dedicada Maria Paixão ( Graziela Schmitt ), uma das líderes do Movimento Estudantil. Thiago Paixão ( Mario Cardoso ), pai da estudante, se sente atraído pela revolucionária, que mantém um caso com Batistelli ( Licurgo Spínola ), seu grande parceiro. O casal se torna uma das duplas mais procuradas do país. Jandira também desperta o amor no jovem estudante Bartolomeu ( Fábio Rhoden ), que integra o Movimento Revolucionário.

Licurgo Spínola é Batistelli
Divulgação/SBT
Licurgo Spínola é Batistelli
Batistelli ( Licurgo Spínola )

Grande líder da esquerda armada em sua época, o destemido guerrilheiro forma uma das maiores duplas com sua amante, Jandira ( Lúcia Veríssimo ), líder da VPR - Vanguarda Popular Revolucionária. Participam de memoráveis seqüestros, assaltos milionários e assassinatos relacionados a autoridades de alto escalão. Se interessa pela professora Lúcia Paixão ( Fátima Freire ), esposa do jornalista e comunista Thiago Paixão ( Mario Cardoso ), pais de Maria Paixão ( Graziela Schmitt ), uma das líderes do Movimento Estudantil, aliada a companheira Jandira.

Mario Cardoso é Thiago Paixão
Divulgação/SBT
Mario Cardoso é Thiago Paixão
Thiago Paixão ( Mario Cardoso )

Jornalista, comunista e membro do Partidão. Vive em discordância com os filhos Maria Paixão ( Graziela Schmitt ), uma das líderes do Movimento Estudantil, e João Paixão ( Paulo Leal ), ator e pacifista. Cassado, é levado ao DOPS - Departamento de Ordem Política e Social, com a mulher, a professora Lúcia Paixão ( Fátima Freire ), com quem vive uma crise no casamento. Sente atração por Jandira ( Lúcia Veríssimo ), sua colega de redação, e tem uma relação com sua chefe Marina Campobelo ( Giselle Tigre ), dona do jornal.

Fátima Freire é Lúcia Paixão
Divulgação/SBT
Fátima Freire é Lúcia Paixão
Lúcia Paixão ( Fátima Freire )

Professora universitária, é simpatizante e estimula o lado contestador fos estudantes da universidade da filha Maria Paixão ( Graziela Schmitt ), uma das líderes do Movimento Estudantil. Também é mãe de João Paixão ( Paulo Leal ), ator e pacifista. Luta para reencontrar os filhos e o marido, o jornalista Thiago Paixão ( Mario Cardoso ), depois que ambos são levados para o DOPS - Departamento de Ordem Política e Social. Sofre com a desconfiança de que o marido seja infiel, e assim se aproxima do guerrilheiro Batistelli ( Licurgo Spínola ).

Paulo Leal é João Paixão
Divulgação/SBT
Paulo Leal é João Paixão
João Paixão ( Paulo Leal )

Integrante do grupo de Teatro Vanguarda, se torna um pacifista que acredita na paz e no amor. É alvo de ataques do CCC – Comando de Caça aos Comunistas. É irmão de Maria Paixão ( Graziela Schmitt ), uma das líderes do Movimento Estudantil, filho da professora Lúcia Paixão ( Fátima Freire ) e do jornalista Thiago Paixão ( Mario Cardoso ), com quem tem vários conflitos. Também vive em atrito com a namorada Stela ( Joana Limaverde ), com quem vive em uma república hippie.

Reinaldo Gonzaga é o general Lobo Guerra
Divulgação/SBT
Reinaldo Gonzaga é o general Lobo Guerra
General Lobo Guerra ( Reinaldo Gonzaga )

A favor do regime militar, apoia e se envolve com a tortura e com o CCC – Comando de Caça aos Comunistas. Maltrata a mulher Ana Guerra ( Glauce Graieb ), se torna inimigo do filho José Guerra ( Cláudio Lins ), que larga a posição de capitão do rxército e vai lutar pela democracia, e tem como aliado o outro filho, Filinto Guerra ( Nico Puig ), torturador como ele. Frequenta a casa de uma prostituta.

Glauce Graieb é Ana Guerra
Divulgação/SBT
Glauce Graieb é Ana Guerra
Ana Guerra ( Glauce Graieb )

Dona de casa, come o pão que o diabo amassou através das mãos do marido, o general Lobo Guerra ( Reinaldo Gonzaga ). Não tem o apoio do caçula Filinto Guerra ( Nico Puig ), que aprova e é cúmplice ao tratamento terrorista aplicado pelo pai. Sua única salvação é o primogênito, José Guerra ( Cláudio Lins ), por quem vai procurar depois que o filho larga a posição de capitão do exército e vai viver na clandestinidade pela luta pela democracia.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023477602&_c_=MiGComponente_C Filinto Guerra ( Nico Puig )
Sociopata, tem autoridade militar e o apoio do pai, o general Lobo Guerra ( Reinaldo Gonzaga ), nas atrocidades que realiza com os cidadãos que vão contra o regime. Guarda muitos segredos. É ciente e não impede o sofrimento da mãe Ana Guerra ( Glauce Graieb ) com os maltratos do pai. É irmão de José Guerra ( Cláudio Lins ), por quem alimenta ódio e inveja. Vai atrapalhar o romance do irmão com Maria Paixão ( Graziella Schimitt ). Por ter esta personalidade vive em um ambiente conturbado com a mulher, Olívia Guerra ( Patrícia de Sabrit ), e as filhas de criação Alice Fiel ( Thaynara Bergamin ) e Lara Fiel ( Bruna Carvalho ). Os pais das crianças, o casal de revolucionários Carlo Fiel ( Marcos Breda ) e Odete Fiel ( Gabriela Alves ), estão desaparecidos.


_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023506061&_c_=MiGComponente_C Olívia Guerra ( Patrícia de Sabrit )

Participação especial na trama, será a esposa de Filinto Guerra ( Nico Puig ) e nora do general Lobo Guerra ( Reinaldo Gonzaga ). Revolta-se com ambos ao saber que fazem parte de uma organização paramilitar - associação civil, armada e com estrutura semelhante à militar -, de caça aos comunistas. Cria como filhas as crianças Alice Fiel ( Thaynara Bergamin ) e Lara Fiel ( Bruna Carvalho ), levadas novinhas até a família Guerra quando foram separadas pelos pais presos e desaparecidos, o casal de revolucionários Carlo Fiel ( Marcos Breda ) e Odete Fiel ( Gabriela Alves ), pouco depois do golpe militar.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023477748&_c_=MiGComponente_C Feliciana ( Nicole Puzz i )

Governanta da família Guerra, esconde um segredo. Tem relação conturbada com as crianças que ajuda a cuidar, Alice Fiel ( Thaynara Bergamin ) e Lara Fiel ( Bruna Carvalho ), filhas de criação de Filinto Guerra ( Nico Puig ) e Olívia Guerra ( Patrícia de Sabrit ). Seus pais, o casal de revolucionários Carlo Fiel ( Marcos Breda ) e Odete Fiel ( Gabriela Alves ), estão desaparecidos.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023476306&_c_=MiGComponente_C Stela Lira (Joana Limaverde)

Musa do grupo de Teatro Vanguarda, irá se envolver com dois amigos da área: o ator João Paixão ( Paulo Leal ), irmão da protagonista, Maria Paixão ( Graziela Schmitt ), uma das líderes do Movimento Estudantil, e o autor de teatro Mário Luz ( Gustavo Haddad ). Vai sofrer ações violentas e se refugiará em uma comunidade hippie, em um sítio no interior de São Paulo.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023476023&_c_=MiGComponente_C Mário Luz (Gustavo Haddad)

Jornalista e autor de teatro, será apaixonado por Maria Paixão ( Graziela Schmitt ), uma das líderes do Movimento Estudantil, e se envolverá com a atriz Stela Lira ( Joana Limaverde ), que também mantém um caso amoroso com o ator João Paixão ( Paulo Leal ), irmão de sua amada. Perseguido, ameaçado e preso, irá trabalhar com o pai da militante, Thiago Paixão ( Mario Cardoso ).

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023416730&_c_=MiGComponente_C Chico Duarte (Carlos Artur Thiré)

Diretor de teatro e revolucionário viverá com sua trupe na comunidade hippie chamada Desbunde, em um sítio no interior de São Paulo. É bissexual. Vive uma relação amorosa e abalada com Miriam ( Thaís Pascholek ) e é apaixonado pelo ator João Paixão ( Paulo Leal ), irmão da protagonista Maria Paixão ( Graziela Schmitt ), uma das líderes do Movimento Estudantil

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023477468&_c_=MiGComponente_C Miriam (Thaís Pacholek)

Cotada para ser estrela de novelas, por influência dos amigos se alia ao Movimento Guerrilheiro. Por conta de sua escolha, terá o relacionamento abalado com o diretor de teatro Chico Duarte ( Carlos Artur Thiré ), por quem é apaixonada.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023416602&_c_=MiGComponente_C Beto Grande (Cacá Rosset)

Tem uma cantina e é ator. Envolve-se com Marcela ( Luciana Vendramini ), advogada e defensora dos presos e torturados do regime. É ameaçado pelo Esquadrão da Morte e pelo CCC – Comando de Caça aos Comunistas.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023476146&_c_=MiGComponente_C Delegado Aranha (Jayme Periard)

Bandido, se passa por autoridade policial e integra o Esquadrão da Morte e o CCC – Comando de Caça aos Comunistas. É desquitado e tem filhos. Apaixona-se pela estudante Marta ( Dani Moreno ) quando a tortura, é perseguido por meio de denúncias do jornal de Marina Campobelo ( Giselle Tigre ) e é atingido pelas investigações da advogada Marcela ( Luciana Vendramini ).

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023477085&_c_=MiGComponente_C Jeová (Lui Mendes)

É carcereiro do DOPS - Departamento de Ordem Política e Social e diferente de todos os maus caráteres que trabalham com ele. Tem boa alma e ajuda os presos, passando recados e mensagens e levando comidas e remédios.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023416979&_c_=MiGComponente_C Tenente Telmo (Fabio Villa Verde)

A princípio, é um comunista infiltrado no exército, depois abandona e vai para o Movimento Guerrilheiro. Preso pelos militares, se torna uma ameaça aos amigos de guerrilha. Se torna assim agente da repressão infiltrado no Movimento Guerrilheiro.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023416463&_c_=MiGComponente_C Doutor Ruy (Antônio Petrin)

Trabalha no Hospital Militar e acoberta torturas com falsas autópsias. Por pedido de militares, ele salva a vida de guerrilheiros que ainda têm informações a prestar.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023506177&_c_=MiGComponente_C Davi (Tiago Abravanel)

Filho e neto de usineiros, revoltado com a injustiça social também faz parte do Movimento Revolucionário que pretende derrubar a ditadura militar. É perseguido.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023417509&_c_=MiGComponente_C Marina Campobelo (Giselle Tigre)

Dona do jornal, desafia a ditadura sofrendo as conseqüências por conta de sua oposição à tortura. É interrogada e é levemente torturada. Se relaciona com um de seus funcionários, o jornalista Thiago Paixão ( Mario Cardoso ), casado com a professora Lúcia Paixão ( Fátima Freire ) e pai de Maria Paixão ( Graziela Schmitt ), uma das líderes do Movimento Estudantil, e de João Paixão ( Paulo Leal ), ator e pacifista. Sempre que consegue, denuncia através de seu veículo o delegado Aranha ( Jayme Periard ), que integra o Esquadrão da Morte e o CCC – Comando de Caça aos Comunistas.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023476748&_c_=MiGComponente_C Dra. Marcela (Luciana Vendramini)

Advogada e defensora dos presos e torturados do regime, sempre ajuda os profissionais do jornal de Marina Campobelo ( Giselle Tigre ) que correm perigo. Envolve-se com Beto Grande ( Cacá Rosset ), dono de uma cantina e ator, e investiga o delegado Aranha ( Jayme Periard ), que integra o Esquadrão da Morte e o CCC – Comando de Caça aos Comunistas.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023416852&_c_=MiGComponente_C Geraldo (Cláudio Cavalcanti)

Participação especial na novela, será um líder camponês, incentivador das ligas e sindicatos de trabalhadores rurais. É preso e barbaramente espancado por policiais do DOPS - Departamento de Ordem Política e Social. Consegue sair da prisão e retorna à atividade revolucionária. Prega a luta armada contra a ditadura.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023477215&_c_=MiGComponente_C Carlo Fiel (Marcos Breda)

Participação especial no folhetim, viverá um comunista revolucionário e considerado perigoso por militares da linha-dura e policiais do DOPS - Departamento de Ordem Política e Social. Casado com Odete Fiel ( Gabriela Alves ), outra revolucionária, juntos são torturados e desaparecem. São pais das “órfãs” Alice Fiel ( Thaynara Bergamin ) e Lara Fiel ( Bruna Carvalho ), “adotadas” pelo casal Filinto Guerra ( Nico Puig ), de uma organização paramilitar de caça aos comunistas, e Olívia Guerra ( Patrícia de Sabrit ).

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300023417220&_c_=MiGComponente_C Odete Fiel (Gabriela Alves)

Participação especial na trama, será esposa de Carlo Fiel ( Marcos Breda ). Ambos revolucionários, são torturados e desaparecem. São pais das “órfãs” Alice Fiel ( Thaynara Bergamin ) e Lara Fiel ( Bruna Carvalho ), “adotadas” pelo casal Filinto Guerra ( Nico Puig ), de uma organização paramilitar de caça aos comunistas, e Olívia Guerra ( Patrícia de Sabrit ).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.