Tamanho do texto

Os internautas não reagiram bem à discussão do programa dessa quinta-feira (14) e questionaram os argumentos dos convidados nas redes sociais

O programa "Encontro com Fátima Bernardes", foi motivo de novas polêmicas na manhã dessa quinta-feira (14). Dessa vez, os internautas não reagiram muito bem ao modo como estava sendo conduzida entre os convidados uma discussão sobre o vazamento de fotos de pessoas nuas - as famosos " nudes ". 

Leia também: Fátima Bernardes manda indireta para William Bonner ao vivo e público reage

Assunto do
Reprodução
Assunto do "Encontro" dessa quinta-feira (14) gerou discussão na internet

A apresentadora recebeu no palco do "Encontro com Fátima Bernardes" o Promotor de Justiça da Infância e de Juventude em Porto Alegre, Julio Almeida, coordenador da campanha  “Quando uma Imagem Vira um Pesadelo”, para falar sobre a questão. Porém, muitos espectadores argumentam que a abordagem focou apenas em alertar meninas a não compartilhar fotos íntimas com outras pessoas, e não a jovens homens não vazarem as imagens recebidas pela internet.

Leia também: Erika Januza e Caio Paduan debatem racismo no "Encontro com Fátima Bernandes"









Ainda, depois que uma mulher da plateia relatou ter precisado mudar de cidade após uma "nude" enviada ao seu ex-namorado ser espalhada na internet, duas convidadas lembraram de tirar a responsabilidade apenas das mulheres: “É interessante observar que a mulher é automaticamente julgada socialmente. Ela que teve que se mudar de cidade, não foi ela que cometeu o crime. Por isso que falar sobre gênero nas escolas é tão importante. Isso é falar sobre gênero. É orientar os meninos“, alegou Caroline Arcari, especialista em educação sexual e uma das convidadas no programa.

Privacidade dos filhos

As polêmicas do programa não ficaram por aí. Em outra discussão, levantou-se a hipótese dos pais de adolescentes controlarem os celulares dos filhos e, até mesmo, as suas redes sociais . Para muitas pessoas na internet, porém, essa não seria uma hipótese válida, já que tal atitude desacreditaria a relação de confiança entre os pais e seus filhos.









Leia também: Climão! Mulher fala palavrão ao vivo no "Encontro"

“Eu fico pensando assim… a gente, vocês também são pais, parece que o que ela fez, de início, foi o que talvez todos nós fizéssemos. Ou seja, segurar um pouco o celular, conversar, levar numa psicóloga… “, comentou Fátima Bernardes  após uma matéria exibida no "Encontro" sobre uma menina de 14 anos que compartilhou fotos íntimas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.