Muitos vilões se escondem em uma máscara de mocinhos, como a Clara de “Passione” e o Romero de “A Regra do Jogo”. Separamos alguns exemplos

Bibi ( Juliana Paes ) vai sofrer um grande baque quando descobrir que o marido Rubinho (Emílio Dantas) é na verdade um traficante em “ A Força do Querer ”. Com o passar do tempo, não só ela vai aceita-lo, como também tomará parte dos esquemas dele, se tornando a vilã “Bibi Perigosa”. Se Bibi se torna uma vilã por força das circunstâncias, Rubinho já esconde essa faceta há um tempo, por trás da imagem de bom pai e marido. Por isso, fizemos uma lista com outros vilões que também se escondem por trás da imagem de mocinhos. Confira:

Leia também: Relembre as maiores polêmicas de Glória Perez em novelas

Clara – “Passione”

Clara, de
Divulgação/TV Globo
Clara, de "Passione", se fazia de mocinha, mas era a maior vilã da novela

Clara (Mariana Ximenes) é a encarnação da boa moça. Com seu jeito ingênuo e gentil, ela conquista Totó (Tony Ramos), que se apaixona pela moça. Porém, ela é o próprio lobo em pele de cordeiro e conquistá-lo foi apenas parte de seu plano para ficar com sua fortuna. Junto com seu amante Fred (Reynaldo Gyanecchini) eles formam dois vilões sem escrúpulos, capazes de cometer até assassinato .

Pedofilia, aborto e transexualidade: relembre novelas com temas tabus na trama

Flora – “A Favorita”

Flora tenta se fazer de inocente, mas acaba aterrorizando a todos em
Divulgação/TV Globo
Flora tenta se fazer de inocente, mas acaba aterrorizando a todos em "A Favorita"

Flora (Claudia Raia) e Donatela (Patrícia Pillar) cresceram juntas e foi criadas como irmãs. Elas chegaram a formar uma dupla sertaneja, que durou até o casamento das duas. Flora acaba tendo um caso com o marido de Donatela e é culpada pelo seu assassinato. Depois de passar 18 anos na cadeia, ela sai disposta a tentar provar sua inocência, tentando culpar Donatela. Flora passa bom tempo da novela mostrando como é uma boa pessoa, mas sua real façanha vai sendo descoberta com tempo.

Ela, na verdade, é a grande vilã da história e faz de tudo para que a ex-amiga seja incriminada por seus crimes. Em uma das cenas mais icônicas, ela deixa uma sala toda ensanguentada, simulando uma cena de um crime, dizendo ao personagem Gonçalo (Mauro  Mendonça) que toda a sua família está morta. Aterrorizado com a cena, ele tem um ataque cardíaco e morre.

”Norma - "Insensato Coração"

Norma (Glória Pires) é enganada por Léo (Gabriel Braga Nunes) e passa a novela planejando sua vingança
Reprodução/TV Globo
Norma (Glória Pires) é enganada por Léo (Gabriel Braga Nunes) e passa a novela planejando sua vingança

Norma ( Glória Pires ) era uma pessoa boa. Simples, a auxiliar de enfermagem costumava passar batido pelas pessoas, até encontra Léo (Gabriel Braga Nunes). Disposto a fazer de tudo para conseguir a fortuna do chefe de Norma, Olegário (Hugo Caravana), ele seduz a moça. Ao por seu plano em ação, Léo acaba causando a morte de Olegário, e a culpa recai em Norma, que é presa. Depois de ser solta, Norma arma de tudo, inclusive matando seu marido, para conseguir se vingar de Léo. O amor também cria vilões.  

Bruna – “Haja Coração”

Bruna fica cega de amor e chega até a sequestrar o ex-namorado Giovanni em
Divulgação/TV Globo
Bruna fica cega de amor e chega até a sequestrar o ex-namorado Giovanni em "Haja Coração"

Bruna (Fernanda Vasconcellos) parece ser uma boa moça. Ela namora Giovanni (Jayme Matarazzo) e a uma advogada de prestígio. Porém, as coisas mudam quando o rapaz decide se separar. Ela se mostra obcecada por ele e disposta a comentar as maiores loucuras para se vingar pela separação. Primeiro, ela é responsável por uma explosão, mas incrimina o jovem, que é preso pelo ocorrido. Ela ainda tenta matar em duas ocasiões diferentes a nova namorada do rapaz, Camila (Agatha Moreira) e acaba sequestrando Giovanni, atira no ex e acaba morta, em um incêndio provocado por ela mesma.

Wanda e Lívia – “Salve Jorge”

Para que os planos de Wanda e Lívia dessem certo, as duas se faziam de boazinhas em
Divulgação/TV Globo
Para que os planos de Wanda e Lívia dessem certo, as duas se faziam de boazinhas em "Salve Jorge"

Salve Jorge ”, como todas as novelas de Glória Perez, tratou de um tema bem polêmico: o tráfico humano. As comparsas Wanda (Totia Meirelles) e Lívia (Claudia Raia) comandavam um esquema que levava meninas do Brasil para ser escravas sexuais na Turquia. Grandes vilãs, seu maior trunfo tinha que ser a simpatia, para conquistar as meninas na lábia e convencê-las de que teriam uma vida melhor no País. Simpáticas que só, as duas eram rainhas da maldade.

Leia também: Grazi Massafera entrega nome de próxima novela das nove

Edu – “Dupla Identidade”

Por trás da imagem de bom moço Edu escondia sua identidade de serial killer em
Divulgação/TV Globo
Por trás da imagem de bom moço Edu escondia sua identidade de serial killer em "Dupla Identidade"

Eduardo Borges ( Bruno Gagliasso ) parece ter a vida perfeita: com a carreira em ascensão, trabalha para um renomado senador, e começa a namorar Ray (Débora Falabella). Tudo seria maravilhoso se não fosse o fato de que Edu esconde um segredo: ele é o assassino em série. Mais vilão que isso, não há.

Carolina – “Totalmente Demais”

Carolina se torna amargurada com o novo amor de Arthur e acaba distribuindo maldades para sua nova namorada
Divulgação/TV Globo
Carolina se torna amargurada com o novo amor de Arthur e acaba distribuindo maldades para sua nova namorada

Carolina (Juliana Paes) é uma mulher ambiciosa, com uma excelente carreira e um amor que parece não ir para frente. Inteligente e decidida, ela batalha pelo que quer. Mas as coisas não vão bem como planeja quando uma aposta com o namorado Arthur (Fábio Assunção) o leva a se apaixonar por outra: a jovem Eliza ( Marina Ruy Barbosa ). É aí que Carolina começa a mudar e acaba se transformado em uma pessoa ruim, disposta a tudo para acabar com a menina.

Entre as maldades que Carol praticou, estava dopar Eliza e fazer parecer que ela tinha dormido com o fotógrafo Rafael (Daniel Rocha).  

Conrado - “Cheias de Charme”

Conrado (dir.) não mede esforços para ficar rico, nem mesmo enganar o próprio pai Otto (esq.)
Divulgação/TV Globo
Conrado (dir.) não mede esforços para ficar rico, nem mesmo enganar o próprio pai Otto (esq.)

Quando Cida (Isabelle Drummond) conhece Conrado (Jonatas Faro), ela se encanta pelo rapaz na hora. Ele é bonito, charmoso e não demora nada para os dois virarem um casal. O que Cida não sabe é que Conrado não tem um tostão e vive tentando aplicar golpes para ganhar dinheiro. Ele ainda é esnobe e quer viver como rei, não se importando nem em passar a perna no próprio pai, Otto (Leopoldo Pacheco).

Romero Rômulo – “A Regra do Jogo”

Romero se fez de ativista e bom político, quando na verdade era envolvido com facções criminosas
Divulgação/TV Globo
Romero se fez de ativista e bom político, quando na verdade era envolvido com facções criminosas

Se tem uma pessoa duas caras, com certeza atende pelo nome de Romero Rômulo ( Alexandre Nero ). Vereador, ativista e bom moço são as características mais conhecidas pelo público. Porém, nos bastidores não é bem assim. Ele, na verdade, é integrante de uma facção criminosa e se envolveu em diversos esquemas ilegais para ganhar mais dinheiro.

O vilão ainda conhece a mau-caráter Atena (Giovanna Antonelli), com quem se envolve e, juntos, acabam planejando diversos golpes. No final, Romero se dá mal e acaba morto por outro bandido, Zé Maria (Tony Ramos).

Carminha – “Avenida Brasil”

Carminha, em
Divulgação
Carminha, em "Avenida Brasil", era capaz de qualquer maldade para conseguir o que queria

A campeã das falsidades não podia ser outra. Carminha (Adriana Esteves) passa uma vida se fazendo de boazinha e coitada para o marido Tufão (Murilo Benício). Ela destrói a vida de Nina (Débora Falabella), fazer o marido pensar que matou um homem, e ainda acolhe na casa da família o amante Max (Marcelo Novaes).

Mas isso é só começo para a vilã, que comete inúmeras tentativas de assassinato, enterra Nina viva, tentou fazer com que a menina fosse presa, tudo isso mantendo a pose de boa esposa, sempre com roupas claras e uma atitude doce e gentil. Dos vilões da teledramaturgia, ela é, com certeza, uma das piores.

Leia também: Antes campeãs de audiência, novelas das 9 vivem crise existencial: qual a saída?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.