BBC não renovará contrato do polêmico apresentador Jeremy Clarkson, do "Top Gear", depois de ele agredir um produtor. Veja mais famosos bons de briga na galeria abaixo

BBC


A BBC confirmou que não renovará o contrato do polêmico apresentador Jeremy Clarkson , do programa "Top Gear", depois de ele agredir um produtor. Tony Hall, diretor-geral da BBC, disse "não ter sido uma decisão fácil" e sabe que ela pode causar "controvérsia".

No entanto, acrescentou que a situação "passou dos limites" e que ele próprio não "poderia consentir com o que havia se passado naquela ocasião (da agressão)". Clarkson havia sido suspenso em 10 de março por ter dado um soco no produtor Oisin Tymon , após eles se desentenderem em um hotel em Yorkshire (Inglaterra), onde estavam realizando gravações para o programa.

O motivo do desentendimento é que, depois de um dia de gravações, a produção não teria servido uma refeição quente a Clarkson. Uma investigação interna foi realizada na semana passada pelo diretor da BBC Escócia, Ken MacQuarrie .

Lábios inchados e sangrando

Em seu relatório, MacQuarrie disse que Tymon deu entrada por conta própria em um hospital com os lábios inchados e sangrando depois de ser "despropositadamente agredido fisica e verbalmente". A suspensão de Clarkson foi alvo de uma petição online em apoio ao apresentador, criada pelo blogueiro Guido Fawkes, e repercutiu em diversos países, com Argentina, Rússia, Índia, China e Irã, na mídia e nas redes sociais.

Programa mais lucrativo

O "Top Gear" foi ao ar pela primeira vez em 1977 e é atualmente o mais lucrativo da BBC, sendo transmitido em 214 países, incluindo o Brasil, atraindo uma audiência global de 350 milhões de espectadores.

O programa tem uma história marcada por grandes polêmicas, muitas delas tendo Clarkson como protagonista. Com um humor ácido e debochado, os três apresentadores, Jeremy Clarkson, James May e Richard Hammond , testam e comparam diferentes modelos de carros, vivenciando situações inusitadas e extraordinárias.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.