Kika Martinez, repórter do "Domingão do Faustão", falou sobre seu trabalho e a mudança do programa para São Paulo: "Cerca de 90% da equipe tiveram que se mudar do Rio"


Kika Martinez , repórter do "Domingão do Faustão", contou ao iG que a maior parte da equipe do programa teve que se mudar do Rio de Janeiro para São Paulo quando a atração passou a ser ao vivo dos estúdios da Globo na capital paulista. "Pra mim foi ótimo gravar em São Paulo porque eu moro aqui há dez anos. Para o Faustão também, porque ele também mora aqui com a família. Mas muita gente, cerca de 90% da equipe, moravam lá no Rio e tiveram que encarar essa mudança. Mas vejo que o mercado da televisão está crescendo em São Paulo e sinto que a Globo daqui vai ser tão boa quanto o Projac".

Saia-justa o tempo inteiro

Ex-modelo e formada em Publicidade e Propaganda, a gaúcha falou sobre seu trabalho ao lado do apresentador. "O que eu faço no programa especificamente é que sou meio que pau para toda obra, todo domingo na plateia com a galera, entrevistando e dando opinião sempre no improviso. Trabalhar com Fausto, que é o mestre do improviso, é o tempo inteiro só saia-justa. Nunca sei o que ele vai perguntar, é sempre um susto. Tem que ter muito jogo de cintura, mesmo. Faço tudo ao vivo, como merchandising, sem texto e no improviso. Não tem TP, não tem ficha, não tem nada. Tem que ter coragem e confiança. O Fausto sabe tudo de televisão, não é à toa que está aí há 25 anos", desabafa ela, que também faz o "Giro Internacional" no programa. "É quando viajo e exerço mais a profissão do jornalismo".

Ex-MTV

Ex-VJ da MTV, Kika sabe que o "Domingão" representa seu ápice na carreira. "A MTV foi uma escola. Fiz dois anos de ao vivo direto e aprendi muita coisa, como áudio, roteiro e outras coisas. A gente ganhava pouco, mas não sabia nem segurar um microfone. Agora já me considero uma profissional de TV", finaliza.

            Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.