Condenado pela morte de Eliza Samudio, atleta diz que, soubesse onde está o corpo, indicaria para a polícia

Gugu Liberato conversa com o ex-goleiro Bruno
Divulgação/Record
Gugu Liberato conversa com o ex-goleiro Bruno


Depois de fazer a primeira entrevista com Suzane von Richthofen após o assassinato de seus pais, Gugu Liberato volta para os presídios para gravar mais uma matéria polêmica. O apresentador da Record conversou com o ex-goleiro Bruno , condenado pela morte de Elisa Samudio , mãe de seu filho.

Durante a entrevista, que vai ao ar nesta quarta-feira (18), Bruno disse não saber onde está o corpo de Elisa. “Fui omisso durante o suposto crime. Eu vi as coisas acontecerem e simplesmente deixei acontecer. Nada do que eu disser vai trazer a Eliza de volta. Mas se eu soubesse onde estivesse (o corpo) eu indicaria”, afirmou o ex-goleiro durante conversa com Gugu.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

Na entrevista, que durou três horas, Bruno ainda revelou o desejo de brigar pela guarda de Bruninho , seu filho com Eliza. “Eu vou brigar por ele (o filho), pela guarda dele, eu vou trazer ele pro meu lado”. Já sobre Dona Sônia , mãe de Eliza, Bruno demonstrou não ter a intenção de pedir desculpas. “Eu poderia sim pedir perdão para Dona Sônia (mãe de Elisa), se ela tivesse sido mãe de verdade”.

Bruno ainda falou sobre seus companheiros Bola e Macarrão , também condenados pelo crime. “O Bola nunca foi meu amigo. Sobre o Macarrão, o sentimento é de frustração”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.