Andréia Horta e Leandra Leal protagonizam uma das melhores cenas, entre muitas outras, da trama de Aguinaldo Silva

A última semana de "Império" começou provocando não um, mas pelo menos três nós na garganta. O capítulo de segunda-feira (9) foi tão intenso que seria digno de encerrar a trama de Aguinaldo Silva na sexta (13), não faltassem ainda importantes histórias a serem contadas. Vamos às cenas que fizeram muita gente chorar tamanha a carga emocional que carregaram:

Casamento de Xana e Naná

Desde o início da novela a cumplicidade e companheirismo entre Xana (Aílton Graça) e Naná (Viviane Araújo) ficou evidente. Agora eles são marido e mulher. Aqui os diálogos provocaram uma divisão entre risos e lágrimas.

O núcleo cômico da trama garantiu a leveza da cena, mas não deixou de ser emocionante. A chegada de Antonio (Lucci Ferreira) para o desfecho da união tripla arrematou com chave de ouro. Ficou até um gostinho de quero mais para fãs da novela que reclamaram nas redes sociais da rapidez das cenas.

Separação de Cláudio e Beatriz

O rompimento de qualquer casamento é sempre dolorido, se ele for longo como o de Cláudio ( José Mayer ) e Beatriz ( Suzy Rêgo ), então... Embora a orientação sexual do marido apontasse mesmo que ele terminaria a trama ao lado de Leonardo ( Klébber Toledo ) e que a mulher era forte e segura o suficiente para lidar com isso, foi impossível não se emocionar com o fim. O carinho entre o casal foi o destaque da cena, mesmo depois da reação espontânea de Cláudio ao saber que Beatriz havia conhecido outra pessoa.

Maria Clara e Cristina

Arrepiante. Andréia Horta e Leandra Leal deram um show na interpretação da montanha-russa de emoções de suas personagens. Maria Clara e Cristina foram o principal destaque do capítulo. Quando a noiva Maria Clara começou com as provocações à irmã, apaixonada pelo noivo e prestes a perdê-lo, tudo seguia o curso desenhado há muitos capítulos.

De repente, Cristina reage e decide colocar Maria Clara em seu lugar. Então vem a torcida para que ela dê uma lição na noivinha mimada. As duas começam a se engalfinhar e todos só desejam que Cristina vença a briga entre tapas e ofensas. E então elas cansam, param, se olham e Maria Clara vira o jogo, ganha a torcida.

Nó na garganta e aperto no peito são as sensações provocadas pelo diálogo entre as duas a partir daí. Maria Clara admitindo que nunca teria o amor que Vicente (Rafael Cardoso) sente por Cristina e tendo a dignidade de admitir que perdeu foi cortante. Triste, mas muito forte, ela mostrou que não é a menininha do comendador e abriu mão do casamento para a felicidade da irmã, mas principalmente, para buscar, enfim, sua própria felicidade.

Leandra Leal arrasou ao mostrar a gratidão e emoção de Cristina, mas a cena foi mesmo de Andréia Horta. Todos os méritos para Maria Clara e que venham os próximos últimos capítulos.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.