Evento para apresentar "Sete Vidas", a nova trama das 18h da Globo, foi fraco e cansativo no Iate Clube do Rio de Janeiro

A galera de "Sete Vidas" pode até ser boa de trama, atuação, fotografia, imagem e blá blá blá. Sim, porque tudo indica que a nova das 18h da Globo vai ser um belo novelão. Entretanto, quando o assunto é festa... Aí é melhor chamar reforço. O lançamento da nova história de Lícia Manzo rolou na noite de quinta-feira (26), no Iate Clube, no Rio de Janeiro, e estava mais para lá do que para cá.

Antes de exibir o clipe da novela, a apresentação no palco foi muito demorada. Primeiro, Domingos Montagner , o protagonista, leu um trecho do diário de bordo do seu personagem, Miguel. Depois, Isabelle Drummond e Jayminho Matarazzo também leram umas cartas. Daí um conjunto de cordas tocou uma música. Depois a Luiza Possi subiu no palco para cantar “Pra te Lembrar”, do Caetano Veloso , e o povo começou, de leve, a ir para outro ambiente da festa devorar salgadinhos.

Por fim, Isabelle chamou o namorado, o cantor Tiago Iorc , para cantar “What a Wonderful World”, tema de abertura da novela. O problema é que o som estava baixíssimo. Quem estava acompanhando tudo do fundo do salão tinha que se esforçar para ouvir alguma nota com qualidade.

Não sem tempo, o clipe foi apresentado. A trama de Lícia Manzo promete conquistar corações sensíveis. É uma trama de conflitos cotidianos, onde o vilão é a vida. Deve fisgar o gosto da mulherada de plantão às 18h na frente da TV. Jayme Monjardim , mais uma vez, mostrou bom gosto na fotografia. As cenas na Patagônia estão belíssimas.

Para dar continuidade, depois da apresentação formal, a festa voltou a rolar. O DJ assumiu o som e a pista de dança… Não bombou. Para sentir o nível da empolgação, a pessoa mais animada do pedaço era Maysinha , filha de Jayme e Tânia Mara . Só com meias antiderrapantes nos pés e ao lado da babá, a menina (que mais parece uma boneca de tão linda) dançou como se não houvesse amanhã.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.