"Império" chega à reta final sem uma de suas personagens mais importantes. O que será da novela a partir de agora?


Implacável, determinada e fiel a seus princípios, Cora é, definitivamente, um dos maiores trunfos de "Império". (Era...) Além disso, é uma das criações mais caprichadas da carreira de Aguinaldo Silva , que tem em sua lista de personagens nomes que entraram para a história da telenovela como Nazaré Tedesco ( Renata Sorrah ) de "Senhora do Destino", Maria Altiva ( Eva Wilma ), de "A Indomada", Jorge Tadeu ( Fábio Jr. ) de "Pedra Sobre Pedra", Linda ( Giulia Gam ) de "Fera Ferida" e Perpétua ( Joana Fomm ) de "Tieta", só para citar alguns.

Dona de diálogos hilários e atitudes inimagináveis, Cora passeou perfeitamente entre o drama, a comédia e a loucura, roubando cada segundo das cenas em que apareceu. Justiça seja feita: isso não teria acontecido sem o talento de  Marjorie Estiano e Drica Moraes , que se revezaram na interpretação da personagem, e o fizeram com maestria. 

Com uma paixão incontrolável por Zé Alfredo ( Alexandre Nero ) desde a primeira fase da novela, Cora fez das tripas coração para tentar conquistá-lo, incluindo assassinatos, roubos, intrigas, fatos que a tornaram presença constante em "Império".

Até que o criador resolveu colocar um ponto final em sua trajetória. Cora é assassinada salvando o amor de sua vida, a razão pela qual ultrapassou todos os limites e se transformou em uma das personagens mais importantes da novela. A morte no auge.

É fato que, nos últimos tempos, Maurílio ( Carmo Dalla Vechia ) foi pegando para si o papel de vilão principal como mandante do tal Fabrício Melgaço, figura desconhecida que quer acabar com a vida do comendador. 

Pode até ter sido esse o motivo de Aguinaldo ter resolvido tirar Cora de cena. De qualquer maneira, a escolha do autor é de cortar o coração de qualquer fã da novela. Além de que, na dinâmica da novela, uma peça-chave foi arrancada. A vilã tinha o poder de conversar com todos os núcleos da novela e conectá-los. 

E o que será de "Império" agora que, de uma vez por todas, Cora não estará mais entre nós? Se Aguinaldo Silva não tiver ótimas cartas na manga, sua novela só tem a perder.

Maurílio é um vilão sem carisma. Ninguém dá a mínima para ele, ninguém nem torce para que ele seja punido. Piora o fato de Carmo Dalla Vechia , de longe, não ter um décimo do talento das atrizes que interpretaram Cora.

Fora isso, concentrar a trama em "Quem será Fabrício Melgaço?" pode até ser um recurso para manter acesa a curiosidade dos telespectadores, mas será que é o suficiente? 

Transformar o comendador em um homem atormentado, que começa a duvidar da própria sombra por não conseguir descobrir quem está querendo destruí-lo também é arriscado. Não por falta de talento, porque isso é o que não falta em Alexandre Nero , mas por fazer com que o personagem perca muito de seu charme, da leveza apesar da truculência.

Enfim, fica em aberto como a novela vai se encaminhar daqui em diante. Mas que Cora fará uma falta, e tanto, isso não há do que duvidar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.