Cena do desfile da escola de samba da novela foi digna de produção amadora, de segundo escalão

Capítulos e capítulos acompanhando a preparação da rainha de bateria Juju Popular (Cris Vianna), a disputa do samba-enredo da União de Santa Teresa, os ensaios da escola, o suspense pela presença ou não do comendador José Alfredo (Alexandre Nero) no desfile... para menos de um capítulo de carnaval?

Totalmente decepcionante o episódio de carnaval da novela "Império" exibido na noite de quarta-feira (18). Era só isso mesmo? Foram tantos dias de gravação na Sapucaí, uma produção gigante com escalação do elenco principal e mais um pouco, com fantasias, figurantes, carros alegóricos, para alguns minutos?

Nenhum suspense, tudo resolvido em minutos, uma correria no texto. Parecia coisa de amador. Se tivesse acontecido ou não o acidente com o carro de Juju, tanto faz. Nenhuma apreensão para a chegada do comendador. Nada de expectativa para o tiro que atingiu Cora. Triste...

Para piorar, a edição não ajudou. Logo depois de levar o tiro e cair nos braços de José Alfredo, corta para Cora já na ambulância, acompanhada dos apreensivos Elivaldo (Rafael Losso) e Christina (Leandra Leal). Comunidade de Santa Teresa assustada. Em seguida, conversa séria entre José Alfredo, Maria Marta (Lilia Cabral) e os filhos do casal. E então sobe som, todo mundo sambando e rindo loucamente de novo como se nada tivesse acontecido, como se uma pessoa baleada no meio da Sapucaí não paralisasse o desfile.

José Wilker aparece em 'Império' como Giovanni Improtta
Reprodução
José Wilker aparece em 'Império' como Giovanni Improtta

E encerra com seu Antoninho explicando o que ninguém tinha entendido: "É carnaval". Francamente...

Para não dizer que tudo foi horrível, vale destacar o figurino impecável das cenas e a bonita homenagem de Aguinaldo Silva a José Wilker , morto em 2014. José Alfredo citou Wilker e na imagem apareceu o ator na pele do personagem Giovanni Improtta, da novela "Senhora do Destino".






    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.