No último programa do ano, apresentador fez balanço e garantiu mesmo formato da atração para 2015

Jô Soares
Francisco Cepeda/AgNews
Jô Soares

Jô Soares fez um emocionado desabafo na abertura de seu programa na noite de sexta-feira (19). "Este é o último programa deste ano. Não foi um ano fácil. 2014 foi o ano que levou meu querido parceiro e amigo Max Nunes, o ano em que uma pneumonia me levou para o hospital, e o ano em que vivi o pesadelo de todos os pais, que é a dor de perder um filho. Além disso tudo, eu estou aqui inteiro, renovado, pronto para enfrentar os desafios de 2015", disse, arrancando aplausos da plateia.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

No início de setembro, após ficar 45 dias sem gravar , Jô voltou aos estúdios e mostrou força na recuperação de uma forte pneumonia. Logo depois, em outubro, Rafael Soares, seu filho, morreu aos 50 anos . Rafael, que era autista, lutava há um ano contra um câncer no cérebro.

No palco, o apresentador ainda falou sobre as supostas mudanças no formato do "Programa do Jô" no ano que vem. "Segundo os boatos - boatos que também me mataram -, o 'Programa do Jô' iria parar. Não é verdade. Eu acabo de renovar contrato com a Globo por mais dois anos para seguir com o 'Programa do Jô'. O programa deve passar sim por algumas reformulações como é normal acontecer em uma programação depois de 15 anos", falou.

Ele continuou: "Mas vamos continuar entrevistando, como sempre, de segunda a sexta-feira, os personagens do povo brasileiro, conhecidos e anônimos, que ajudam a construir a nossa história contemporânea. Sempre com o apoio musical, com as meninas do Jô, e com o calor da plateia. E, claro, sempre com a participação de vocês em casa. Tudo isso junto é que é a razão do nosso sucesso e a minha razão de ser. Já foram quase 14 mil entrevistas, e olha... A gente está só começando".


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.