Nova novela das 19h traz o romance de volta ao horário


Bem que a Globo avisou que Alto Astral começaria com ares de superprodução. De cara, logo na primeira cena, vemos Maria Inês ( Christiane Torloni ) voando em seu jatinho, sob uma tempestade de raios, com os dois filhos, ainda bem novos. Uma pane no avião causa um acidente que, por pouco, não mata o caçula, Caíque (no futuro vivido por Sérgio Guizé ). Ele recebe, dentro do avião prestes a explodir, a visita de Dr. Castilho ( Marcélo Médici ) que introduz o lado sobrenatural que deve pontuar toda a trama. Castilho salva o menino e a história dá um salto no tempo.

Muitos anos depois

Nathalia Dill como Laura
Reprodução
Nathalia Dill como Laura

Fiel ao título, a novela segue uma sequência de cenas cheias de luzes e cores, com paisagens de tirar o fôlego e músicas divertidas, numa eficiente apresentação dos personagens principais. Conhecemos Marcos ( Thiago Lacerda ), o filho mais velho de Inês já adulto, o grande vilão da trama. Ao som de “Verdade, Uma Ilusão”, de Marisa Monte , surge Laura, em um jardim de contos de fada, numa interpretação apaixonante de Nathalia Dill , destaque principal do primeiro capítulo da novela. Carismática, com atitude, envolvente, na medida exata.

Apesar de tensa, e com ares do filme “Missão impossível”, a cena em que somos introduzidos a Caíque (Guizé), já adulto, escalando uma montanha com amigos, mostra mais uma atuação solar, bem-humorada e carismática.

Thiago Lacerda como o vilão Marcos
Reprodução
Thiago Lacerda como o vilão Marcos

Que fique registrado o alto nível da atuação dos atores que tiveram maior destaque neste primeiro capítulo. Além de Nathália e Sérgio, o elenco se mostrou afinadíssimo, coisa difícil de se ver num primeiro capítulo. Excelente o trabalho de Thiago Lacerda e Christiane Torloni. E já deu pra ver que Débora Nascimento dará uma vilã e tanto, como a secretária Sueli. Deliciosa a participação de Otávio Augusto , como o avô que todo mundo gostaria de ter, dando conselhos para a neta, Laura.

O humor ficou por conta de Cláudia Raia , que, no papel da vidente de araque Samantha, causa o maior rebuliço ao parar o trânsito para avisar que uma ponte iria ser destruída. O trio formado por ela com Pepito ( Conrado Caputo ), seu fiel escudeiro, e o comparsa César ( Alejandro Claveaux ) responsável por explodir a ponte, promete!

E o capítulo termina, graças a uma fadinha, ou uma anjinha, a graciosa Bella ( Nathália Costa ) – outro personagem que faz parte do lado sobrenatural da novela - fazendo Laura e Caíque se encontrar no meio de uma floresta, perdidos no meio do caminho de volta para a cidade onde moram, sob um temporal. No maior clima das adoráveis comédias românticas e seus encontros amorosos que deixam os fãs do gênero suspirando. Um primeiro capítulo extremamente agradável e gostoso de assistir, com ótimas atuações, boas cenas, belos cenários e no maior alto astral.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.