Intérprete de Magnólia, a mãe exploradora da filha, atriz reforça a importância do tema na novela das 21h

Zezé Polessa parabeniza Andréa Beltrão após a estreia da peça Nômades
Alex Palarea / AgNews
Zezé Polessa parabeniza Andréa Beltrão após a estreia da peça Nômades

Na ficção, tudo ganha tons de humor. Já na vida real, não é bem assim que a banda toca. Zezé Polessa , que em "Império" (Globo) vive a mãe exploradora Magnólia, avisou que já escutou histórias de famílias que passam por situações parecidas e que não acabam muito bem. Por isso, ela defende que o assunto seja explorado na novela das 21h.

"Pois é, aquela família é cruel, perversa, mas é também a comédia da novela, e isso vem na frente. Acho importante discutir esse assunto de família que abusa dos filhos, e isso a gente vê em vários níveis. Ali é um extremo, porque é ficção. Na verdade, a gente se questiona a atenção pra esse tipo de coisa. Eu já ouvi histórias bem cabeludas de exemplos reais. Na vida não é cômico, não", disse.

O iG encontrou com Zezé na última sexta-feira (17), na estreia da peça "Nômades", no Rio. Na ocasião, ela ainda comentou sobre o possível casamento entre Maria Isis ( Marina Ruy Barbosa ) e o Comendador José Alfredo ( Alexandre Nero ). Será que, finalmente, Magnólia terá a vida que sempre sonhou? "Não sei, não tenho canal direto com Aguinaldo (risos). O amor deles é tão verdadeiro, bonito. A Maria Isis é uma abençoada, uma sobrevivente daquela família. Parece que eles vão encontrando outros caminhos (para serem felizes)". O jeito é esperar para ver.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.