Atriz estreia como protagonista da série do GNT "Lili, A Ex", inspirada na tirinha de Caco Galhardo


Maria Casadevall ao lado de Rosi Campos, em 'Lili, a ex'
Divulgação
Maria Casadevall ao lado de Rosi Campos, em 'Lili, a ex'

Maria Casadevall esteve na manhã desta quarta-feira (17) na coletiva de imprensa de "Lili, A Ex", a nova série do GNT. A atriz fará o papel da personagem título, uma mulher obcecada que vive em função de perseguir o ex-marido Reginaldo ( Felipe Rocha ). 

Após sua primeira experiência com novela em "Amor à Vida", ela mergulhou em um mundo diferente e mais próximo ao seu primeiro contato com a arte. "Costumo dizer que a novela não é a minha referência base. Acho que o trabalho na 'Lili' dialoga muito mais com o trabalho que eu fazia no teatro do que a experiência que vivi na televisão".

A atriz volta a contracenar com o namorado  Caio Castro  em um dos episódios da série. "Foi de novo um desafio, assim como a série toda, e como todo trabalho, mas foi surpreendentemente bom, outra vez. Foi uma outra linguagem, uma outra proposta e a gente conseguiu manter o mesmo diálogo que a gente tinha entre nós", pontua ela, que atuou ao lado dele na novela "Amor à Vida".

Casadevall acredita que, apesar de sua personagem ser extremamente ciumenta, tem algumas coisas em comum com ela e com todas as mulheres. "Acho que a Lili tem um pouquinho de cada mulher. Mesmo as que não são tão neuróticas, como no meu caso. Nunca passei por essa situação de ser obcecada por um ex, ou de ter um ex muito obcecado por mim. Sempre alimentei relações saudáveis, mas me vejo infinitas vezes na Lili, em uma curiosidade de mulher, em um ciuminho bobo".

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.