Débora Falabella está no elenco de "Dupla Identidade", nova minissérie da Globo que conta a história de um serial killer

Débora Falabella durante lançamento da série
Alex Palarea e Felipe Assumpção/AgNews
Débora Falabella durante lançamento da série

A nova minissérie da Globo, "Dupla Identidade", de Glória Perez , está longe de ser leve. Ao relatar a história de um serial killer, vivido por Bruno Gagliasso , se assemelha aos grandes sucessos norte-americanos e promete mexer com os fãs de suspense. Débora Falabella , que está no elenco como a mulher que vai se apaixonar pelo assassino, comemora sua escalação e acredita estar participando de uma nova linguagem na televisão brasileira.

"A gente não tem ainda muito disso, temos séries policiais, mas não de suspense assim. Claro, é forte e pesado, mas a gente vê tantas séries americanas que contam essas histórias e fica tão ligado que acho que não tem como não se interessar por essa", afirmou a atriz durante o lançamento da série na noite de quinta-feira (4), no Rio.

Ray, personagem da atriz, é portadora da síndrome de Borderline, grave doença psicológica em que se vive no limite entre a normalidade e os surtos psicóticos. Ela se envolve com o serial killer e acaba virando um álibi dele. "É quase perfeito, uma mulher que se doa completamente para um homem que vive sob suspeita".

Na série, Ray tem uma filha da mesma idade de Nina, filha de Débora. E como é ter uma criança no meio de um roteiro como esses? "A gente toma todo cuidado porque a série é forte." Mas se a pequena atriz está inserida na sangrenta ficção, a filha de Débora vai passar longe da TV durante a exibição da série: "Claro que ela não vai assistir. Não deixo nem ela ver a das 19h ainda! Não, a das 19h ela vê, mas ainda prefere desenho".

"Dupla Identidade" tem estreia prevista para o dia 19 de setembro logo após o "Globo Repórter".

Veja fotos do lançamento de "Dupla Identidade":


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.