Atriz fala sobre seu papel na próxima novela das nove: "Gostaria que deixassem de lado esse enfoque de escândalo da situação"


Nathalia Timberg na inauguração do Teatro J. Safra
Caio Duran / AgNews
Nathalia Timberg na inauguração do Teatro J. Safra

No palco com o monólogo "Paixão",  Nathalia Timberg  foi a estrela da inauguração do Teatro J. Safra, na Barra Funda, na noite dessa quinta-feira (24), em São Paulo. Generosa, a atriz não gosta de receber sozinha o mérito pelo espetáculo de uma hora que fala sobre o amor. "Não é justo falar que é um monólogo porque tenho dois músicos que conversam comigo (com a música) em cena. São três linguagens que falam de amor, a poesia, a prosa e a música. Há muito tempo que eu lido com esse texto e a cada vez é um presente".

Além do teatro, Nathalia se prepara para um desafio inédito em sua carreira. Ao lado de Fernanda Montenegro , a atriz vai protagonizar um romance homossexual na próxima novela das nove, que está sendo escrita por Gilberto Braga . "Fernanda e eu temos um percurso de vida muito longo, vamos ter um prazer muito grande de estarmos juntas de novo. Vamos ver o que nos reserva esta nova viagem proposta pelo Gilberto Braga. Por enquanto, é uma incógnita", disse a atriz.

Nathalia espera que o público tenha uma percepção diferente com o casal mais experiente. "As pessoas ficam muito ouriçadas com a situação de personagens que são desenvolvidos nesta ordem, mas para mim é uma situação normal de seres humanos que se encontram. Eu gostaria que deixassem um pouco de lado esse enfoque de escândalo da situação. Vai ser interessante por vermos a situação de vida dessas personagens".

Veterana na TV e nos palcos, a atriz falou sobre a nova geração de atores e todo o glamour que ronda a profissão. "Este nosso mundo está acelerado, então eles chegam um pouco acelerados também, querendo queimar etapas. Mas dá mesma forma que você tem pessoas que vêm para este ofício querendo o lado da exibição, tem uma boa parte que vem pela necessidade de expressão e percebe que para poder desenvolver seu horizonte há um preço a pagar, o preço de formação, de conhecer os seus instrumentos de trabalho. A língua ainda é o principal instrumento de trabalho do ator, mas tem muitos que não conhecem direito a língua e isso resulta em textos incompreensíveis. Não entendem que eles são seu próprio instrumento e que precisam conhecê-lo melhor".

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.