Atriz, no ar como Verônica em “Geração Brasil”, não quer uma diferença muito grande entre os herdeiros com Lázaro Ramos

“Geração Brasil” segue em ritmo acelerado até o final de outubro. Até lá, Taís Araújo se divide entre as gravações, produção de uma peça que vai estrear em 2015, e os cuidados com a casa e o filho João Vicente , de três anos. Mesmo sem tempo para outras tarefas, a atriz tem um plano traçado para um futuro bem próximo - e esse traz uma doce surpresa: mais um bebê em casa.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

“Quero muito ter outro. Quero ter com um espaço pequeno, tem que ser meio daqui a pouco. Outro dia conheci uma moça, mãe de gêmeos de 13 anos, que estava grávida de oito meses de novo. Me arrepiei da cabeça aos pés! Acho que é legal tudo junto. Eu e minha irmã temos seis anos de diferença. Eu não queria tanto assim. Hoje é ótimo, não faz a menor diferença, mas durante a minha infância e a adolescência dela, era uma loucura”, disse ao iG nos bastidores da novela das 19h da Globo.

Clique de Taís com o pequeno João Vicente
AgNews
Clique de Taís com o pequeno João Vicente

João é fruto do relacionamento de Taís com o também ator Lázaro Ramos , que está no elenco da mesma trama como o guru místico Brian. Para terem tranquilidade em cena, é preciso um aparato montado para os cuidados com o pequeno. Além disso, os pais já precisam explicar para o filho suas rotinas.

Segundo Taís, João já entende muito bem o que é trabalho. “Ele sabe que a gente tem que ir para o trabalho, e ele vai para a escola. A escola, aliás, ajuda muito nesse sentido. É bom ele aprender que cada um tem sua obrigação. E para nós também é ótimo, porque você sabe que ele está lá tranquilo, com amiguinhos, e a gente aqui trabalhando também tranquilo”, disse.

Na TV, ele até já identifica os papais famosos, mas ainda não tem a dimensão correta do que isso significa. Por enquanto, é tudo farra. “Outro dia mesmo ele falou: ‘vai começar a minha novela’. Como assim sua novela (risos)?”, relatou Taís, com todos os traços de mamãe coruja. “Ele vem pouco aqui no Projac, porque normalmente a gente grava o dia inteiro. E também ele vai ficar aqui fazendo o quê? Eu até tenho vontade de trazer mais, mas em algum dia que eu grave pouco. Aqui não é lugar de criança, né? Para ficar trancado no estúdio? A criança não pode falar, não pode gritar, não pode correr. Tortura, né?”, afirmou ela.

Futuro de Verônica

Taís Araújo
Divulgação/TV Globo
Taís Araújo

Falando sobre a trama de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira , muitas surpresas cercam o futuro da personagem Verônica. Ainda encantada com Jonas Marra ( Murilo Benício ), Verônica terá uma oportunidade de ouro para tentar esquecer o milionário: Herval ( Ricardo Tozzi ). “O Herval chega ajudando muito a Verônica com o filho Vicente, porque ele começa não querer saber mais de estudar, começa a ganhar dinheiro fazendo tutorial de jogo, e a Verônica fica superpreocupada e vai atrás de uma ajuda. Essa ajuda é o Herval, que trabalha com crianças e tecnologia. Eles começam uma relaçãozinha que não sei se vai muito adiante. Mas enfim, ela vê uma possibilidade de se livrar da sua grande chave de cadeia, que é o Jonas Marra”, adiantou Taís.

Com mais uma peça em jogo, as chances de Barata ( Leandro Hassum ) se dar bem com sua musa inspiradora ficam menores a cada vez. Será mesmo? Taís acha que não. “Existe uma possibilidade de eles terminarem juntos. Não acho impossível, de verdade. Até porque a gente não sabe muito bem sobre o caráter do Jonas. A gente ainda fica um pouco com o pé atrás. Será que ele presta, que não presta? E aí, pensando como novela funciona, acho difícil a Verônica, que é uma pessoa muito correta, terminar com um cara que é mau caráter (se ele realmente for). Ou, se ele for mesmo mau caráter, ele se envolvendo com ela pode ter uma redenção no final, que é uma coisa que acontece muito em novela. Realmente não sei”, garantiu.

Além do projeto baby, depois de “Geração Brasil” a ideia de Taís é emendar uma peça. “É um texto que comprei, ótimo, mas ainda é superprecoce falar”. A ideia é começar a ensaiar no final do ano para estrear tinindo no primeiro semestre de 2015, em São Paulo. Sobre elenco, direção e etc, Taís fez mistério. “Sei tudo, mas não vou falar nada (risos)”, brincou. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.