Para o personagem Brian, de "Geração Brasil", ator recebeu 15 peças, como tênis e blazer, de Fernando Torquatto

Lázaro Ramos em cena como o misterioso Brian
Divulgação/TV Globo
Lázaro Ramos em cena como o misterioso Brian

Por trás daquele visual over de Lázaro Ramos em “Geração Brasil”, bate um pé cravado na realidade. O ator revelou ao iG nos bastidores da novela, no Projac, que o guarda-roupa de Brian tem peças emprestadas de um famoso maquiador das celebridades: Fernando Torquatto , responsável pela beleza da trama das 19h da Globo.

Curta fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

“Essa é uma curiosidade que pouca gente sabe, mas o meu figurino tem 15 peças emprestadas dele. Juro por Deus. Tem umas camisas, alguns sapatos… Tem um sapato com textura de onça, dois blazers…”, enumerou Lázaro. O detalhe é que, na ficção, o personagem não dosa na hora de combinar as peças variadas. Na vida real, tanto Lázaro quanto Torquatto equilibram as informações.

“Eu não usaria isso tudo junto. Eu usaria, talvez, esse tênis dourado, com uma calça jeans e uma camisa branca. Mas misturar isso tudo já demonstra alguma coisa, já coloca o personagem no universo pop. É essa brincadeira que a novela faz”, disse o ator.

A responsável por essa ponte entre Torquatto e Brian foi Gogóia Sampaio , a figurinista de “Geração”. “Quando vi tudo pronto, fiquei apaixonado e nem achava que era tão comum encontrar esse tipo de roupa. A gente foi gravar em São Francisco, na Califórnia, e no primeiro dia, na porta do hotel, eu encontrei três pessoas vestidas como o personagem. Foi sensacional”, lembrou.

Para ficar pronto, apesar do número grande de acessórios, o tempo é curto. “São 10 minutos para colocar o topete, que não é meu, e a roupa são mais 15 minutos. É tranquilo”, garantiu. Na história, Brian tem um histórico de sedutor, mas não se dá muito bem com a mulherada. Até pouco tempo, ele não tinha cruzado com Taís Araújo , sua mulher, em cena. Mas Verônica e Brian já trocaram farpas e essa relação deve seguir azeda.

“Eu estava ansioso para encontrar com a Taís. Isso (de ser casado) dá mais liberdade para brincar. Inclusive, a gente colocou umas três piadas internas em cena. É muito mais legal, porque a gente tem esse elemento a mais para brincar também. E essa é a primeira vez que a gente faz uma relação totalmente afastada. Em ‘Cobras e Lagartos’ eu era apaixonadíssimo por ela; no espetáculo de teatro que fizemos eram duas pessoas que estavam disputando emprego; no ‘O Dentista Mascarado’ ela era fã do Lázaro Ramos; e agora em ‘Geração’ a gente não se conhece e provavelmente não se gosta muito (risos)”, contou.

Será que vale investir em Verônica? Lázaro tem a palavra: “Será? Entrar nessa disputa entre Barata ( Leandro Hassum ) e Jonas ( Murilo Benício ) eu tenho medo. E o Brian não é muito habilidoso com mulheres, gente, ele iria perder rapidinho”.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.