Ex-jogadora de vôlei, Ana Moser revelou que sua maior dificuldade no reality show foi lidar com o ego das pessoas


Após três meses na competição, a ex-jogadora de vôlei Ana Moser foi a grande campeã de “O Aprendiz – Celebridade”, na noite dessa quinta-feira (3). Levando para casa R$ 1 milhão e mais R$ 600 mil para ajudar o “Instituto Esporte e Educação”, a ex-jogadora de vôlei revelou que jamais pensou que sairia vencedora. “Sabia que qualquer um de nós poderia ganhar, mas não pensei que eu poderia ganhar. Tomei uma decisão de pensar positivo o dia inteiro, talvez para mandar coisas boas para o Justus ou para mim mesma.”

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

Feliz com o resultado ao disputar com Amon Lima e Christiano Cochrane , Ana contou que o frio na barriga é muito diferente do que sentia em quadra, nos campeonatos de vôlei. “Passei anos me dedicando ao esporte e tudo que fazia em quadra era tudo preparado, treinado, e aqui é totalmente louco. Estou envolvida desde que me chamaram há quase quatro meses e é de uma intensidade e imprevisibilidade muito grande. Me exigiu muito mais do que o esporte. Aqui estava com muito mais risco, muito mais exposta e só. É equiparável com qualquer conquista que tenha tido nas quadras”.

A esportista também contou que sua grande dificuldade no confinamento foi lidar com o ego das pessoas. “É um ambiente de muita disputa, tem muitos egos, vaidade envolvida. Lidar com isso, com a minha personalidade conhecida como low profile, foi complicado, demorou um tempo para me adaptar. Fui até mais séria do que deveria, mas porque a tensão era sempre muito grande. Ficava mais à vontade com a minha equipe, mas de maneira geral fui bem exigente”.

Final 'O Aprendiz'
Francisco Cepeda/AgNews
Final 'O Aprendiz'


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.