Ao vivo, rainha de bateria do Salgueiro está mais elegante; em “Império, ela é a manicure Naná e divide cena com Aílton Graça

Viviane Araújo na coletiva de Império
AgNews
Viviane Araújo na coletiva de Império

Foi com uma postura elegante e uma saia estampada até o joelho que Viviane Araújo , finalmente, viu nascer sua personagem em “Império”. O autor Aguinaldo Silva chamou a rainha de bateria do Salgueiro para sua trama logo após a participação no reality show da Record “A Fazenda”. De lá para cá, muita ansiedade e trabalho.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

“Eu fiquei emocionada com tudo. A história é muito forte, impactante, e vai ter um pouco de tudo, que é o que o público quer ver. Todo mundo quer novelão com amor, mistério, alegria, diversão, polêmica. Tudo isso vai ter”, adiantou em conversa com o iG durante a coletiva de imprensa no Projac, nesta terça-feira (1º).

O corpão mais seco chamou atenção. E a preocupação surgiu por causa do efeito visual do vídeo. “Fica mais elegante. Você tem que dar uma enxugada mesmo para parecer gostosa só no vídeo (risos). Eu perdi massa gorda e adquiri mais massa massa. E perdi uns quatro quilinhos também”, revelou.

Na história de Aguinaldo, primeiramente, Viviane iria interpretar a personagem que será de Cris Vianna , uma rainha de bateria. Por decisão do autor e direção, para não misturarem as coisas, Vivi mudou de papel e agora é a manicure Naná, assistente de Xana Summer ( Aílton Graça ) no salão de cabeleireiro. Aliás, é no seu próprio salão que Vivi busca referências para o texto com Aílton.

“Eu estou tentando pegar coisas novas. Essas coisas que a gente está acostumado a falar, como ‘mona’, ‘bi’... Isso está batido, né? No próprio salão que eu frequento tem umas meninas que falam umas coisas diferentes e que eu vou tentar colocar”, disse. Atriz profissional desde 2001, Viviane espera com esse trabalho construir uma nova imagem para o público.

“Eu quero que as pessoas vejam que eu sou atriz. Sou uma atriz que gosta de samba, que gosta de trabalhar. Não quero esse rótulo de ‘Viviane saiu do samba e agora é atriz’. Não. Eu sempre fui atriz, só que as pessoas não sabiam disso. Eu nunca tive uma oportunidade de realmente mostrar esse lado. Fiz algumas participações, mas não foram expressivas, e essa agora vai ser”, disse. Mas e o Carnaval? “Não vou abandonar nunca, jamais. Carnaval é minha paixão, minha vida, e me deu muita coisa. É muito amor”. Está dito!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.