Ator participou do lançamento da novela "Geração Brasil" no Rio e comentou sobre a nova família com Débora Falabella

Murilo Benício na festa de
Claudio Andrade e Thyago Andrade/Photo Rio News
Murilo Benício na festa de "Geração Brasil"

A noite de terça-feira (29) foi de festa para Murilo Benício , que a partir de 5 de maio estreia seu novo protagonista na Globo, o gênio da tecnologia Jonas Marra na novela "Geração Brasil", a nova das 19h. Durante o lançamento da trama de Izabel de Oliveira e Filipe Miguez , o ator apareceu sem a mulher, Débora Falabella , que estava em São Paulo. Mas aproveitou para comentar sobre como está se saindo como padrasto de Nina , filha da atriz.

"Menina é um outro mundo completamente diferente. Infelizmente eles ainda estão em São Paulo. A gente não tem essa convivência diariamente. Mas tem coisa de criança do tipo: estamos sozinhos em casa, ela (Nina) tem que ir ao banheiro e eu tenho que acompanhar. É uma coisa difícil, porque não tenho menina. É um outro universo, mas é bom aprender", contou ele, que é pai de Antonio , do relacionamento com Alessandra Negrini , e Pietro , filho com Giovanna Antonelli .

Como o assunto era os herdeiros, Murilo comentou se ele e Débora pensam em aumentar a família. 'Meus filhos, agora, estão em uma idade boa, que me dá liberdade. Quando quero viajar, eu posso. Se eu não quero levá-los comigo, eu posso. Se eu quero levar, eu também posso. E a Nina está saindo dessa fase. Ela está deixando de ser bebê e está virando criança. Então, quando a gente pensa em ter filho, a gente imagina mais um bebê… Nesse momento eu não sei se penso muito nisso. Penso mais na liberdade que hoje eu tenho de sair sem me preocupar', afirmou.

Voltando para a novela, o ator afirmou que o fantasma da pressão pelo sucesso não o persegue. Segundo ele, para uma novela dar certo depende de muitos outros fatores. "Já fiz muita coisa boa, muita coisa mais ou menos, ainda bem que fiz pouquíssimas coisas que não achei tão legais na Globo. Não depende de mim um grande sucesso, então não tenho peso nenhum. Vou sempre dar o meu máximo, tenho uma equipe maravilhosa, os diretores, os atores… O jeito como a gente ri no camarim, como conversa, como troca. Temos muita gente nova começando a fazer novela, e eu acho isso muito legal para trocar ideias novas".

Para quem ainda não conhece a história, Jonas mora em São Francisco, nos Estados Unidos, lugar onde Murilo morou por dois anos há 20 anos. Ele chegou a revisitar os locais que frequentava e admitiu que foi bastante emocionante. "Levei meu filho para conhecer (a casa onde morava). É esquisito. Da última vez que eu estava em São Francisco filmando eu não fui à casa onde eu alugava um quarto. E eu cheguei lá e é a mesma coisa… Mas 20 anos depois. Foi legal. Foi um lugar que me trouxe muita coisa bacana, foi uma fase em que eu amadureci muito… Missão cumprida".

Sobre o personagem, o ator adiantou que a arrogância extrema de Jonas é quebrada com uma dose de humor, mas que o caminho que ele vai tomar só será decidido mais para frente. "É igual a uma peça de teatro. A gente tem que estrear e ver o que o público acha. É preciso respeitar muito a opinião do público para ver do que ele está gostando, do que não está gostando", falou Murilo, que ainda fez questão de deixar claro que o personagem não é inspirado em Steve Jobs , da Apple.

"Li muita coisa sobre ele, mas o personagem não é baseado no Jobs. Eu li por curiosidade. O Jonas Marra é muito arrogante, e o Steve também era. Mas ele usava uma arrogância para levar as pessoas a realizarem um sonho que ele tinha. Se ele não fosse tão encrenqueiro, brigão e duro com as pessoas, de repente hoje não existiria o iPhone, por exemplo. Busquei mais por curiosidade saber o porquê de ele ser assim. E o Jonas tem muito disso".

Veja fotos da festa de "Geração Brasil":


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.